sexta-feira, 22 de março de 2013

Capa da Semana


3ª Cavalga Ecológica de São José do Inhacorá será neste final de semana


Mulher que matou homem em São José do Inhacorá, vai responder por crime em liberdade


Paulo Marques Noticias

Anelise Winck alegou ter agido em legítima defesa
A psicóloga Anelise Wink, de 31 anos, que matou a tiros na manhã de segunda-feira (18), o ex-companheiro, em São José do Inhacorá, se apresentou à polícia na manhã de terça-feira (19), e alegou ter agido em legítima defesa.
Ela contou ao delegado João Vitório Barbato, da DP de Três de Maio, que o agricultor Vemri Carlos Gaklik, de 45 anos, com quem manteve uma relação durante dois anos, invadiu armado e encapuzado a casa em que ela mora com o marido, Itamar Ludwig, também de 31.
Vemri Carlos Gaklick foi morto na manhã de segunda-feira
Conforme o delegado Barbato, no depoimento, Anelise contou que o ex era agressivo, que tinha problemas com bebida alcoólica e não admitia o fim do namoro.
O marido dela, que levou um tiro no braço recebeu atendimento no Hospital São Vicente de Paulo, mas já foi liberado. Ele também prestou depoimento na tarde desta terça-feira e confirmou a versão dada pela mulher.
O delegado Barbato, adiantou que deve indiciar Anelise por homicídio e o companheiro pela co-autoria do crime. Ele explica que cabe ao judiciário analisar se os suspeitos agiram em legítima defesa. O prazo é de 30 dias para que o delegado conclua o inquérito. Ele já adiantou que não vai pedir a prisão da mulher e do companheiro.

Construindo a Matriz FOFA no Planejamento Estratégico


Assessoria de Imprensa

O dia 12 de março, segunda-feira, foi marcado por uma intensa reunião de planejamento do governo municipal de São José do Inhacorá.
Para tanto, o prefeito, vice-prefeito, secretários e assessores municipais se valeram da matriz FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) como instrumento metodológico para análise e diagnóstico de sua situação atual, com vistas à apresentação de proposta de ações estratégicas a curto, médio e longo prazo em cada secretaria, garantindo assim, a realização de todas as ações que o Governo, que tem como lema: o ser humano em 1º lugar se propõe a fazer e que vem ao encontro dos desejos e necessidades de sua população.

Final do Campeonato de Bocha do Gaúcho de Linha Alpargatas


É com satisfação que o A.E.R. Gaúcho da comunidade de Linha Alpargatas, Boa Vista do Buricá agradece a todos que prestigiaram o Campeonato de Bocha, que no sábado, dia 16 de março, conheceu os seus finalistas.
Sagraram-se vice-campeões Bruno Recktenvald, Cabelo e Antônio Halmenschlager.
Os grandes campeões da competição foram Ade Seibel, Jair Repke e Neri dos Santos.
A comunidade  convida os simpatizantes e apreciadores de bocha e também do futebol para visitar a localidade de Alpargatas para desfrutar de momentos de lazer e de integração.


Grande Peneira Regional de Futebol e Futsal


O CTNG de Giruá-RS especializado em descobrir, formar e revelar jovens talentos para o futebol e futsal brasileiro, promove grande peneira de futebol e futsal dia 23/03/2013 em São José do Inhacorá-RS. A peneira de futebol terá início ás 09h30min no estádio do Rio-Grandense, já a peneira de futsal terá início ás 13h30min no Ginásio Municipal.
 Atletas de 09 a 24 anos podem participar. A inscrição será de R$ 15,00 por atleta em cada modalidade. Maiores informações: 55-3361-2598 OU 55-9646-1913.

Sábado tem final do Futsal em São José do Inhacorá


Assessoria de Imprensa

No último sábado, dia 16, aconteceu no ginásio poliesportivo de São José do Inhacorá a semifinal do Campeonato Municipal de Futsal. Os jogos envolveram as categorias livre feminino e masculino e veteranos masculino com os seguintes resultados.
No feminino a equipe Palitos Marfim goleou a adversária Mana Mania por 6 X 0 e agora fará a final contra a equipe Chá Erva da Mata. Na categoria veteranos quem garantiu classificação para a final foi o time da Agroverde que venceu por 2 X 0 o time da Mavi Modas/Metalúrgica LVA. Já pela categoria livre masculino os finalistas são Academia Boa Forma e Agropecuária Agroverde/Bazar Denize que derrotaram o Sicredi e a São José Industria A por 4 x 3 e 3 x 1, respectivamente. Os jogos da grande final serão no próximo sábado, dia 23, a partir das 19h30min e para tal convida-se o torcedor para acompanhar os jogos e torcer pelo seu time.







CRAS de Nova Candelária desenvolve oficina de dança


Marciel Ludwig

O CRAS de Nova Candelária esta desenvolvendo o Projeto de Dança e Consciência Corporal: A Cultura Traçando Novos Horizontes. O projeto tem como objetivo promover a inclusão social de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, por meio da Arte da Dança. E desta forma, ampliar o atendimento sócio - cultural no município.
No total estão sendo atendidas em torno de 100 crianças/ adolescentes, as atividades estão sendo desenvolvidas nas quartas e quintas –feiras, coordenados pela Monitora de Educação Física Débora Stroeher.

Avisos da Paróquia São José


Dia 22/03
19h30min - Via Sacra a encargo das Diaconias Rainha da Paz e Rui Barbosa / 19h30min - Missa e Confissões em Pé de Bota.
Dia 23/03
13h45min Batizados na Matriz / 15h - Missa e Confissões em Beato Roque / 16h30min - Missa e Confissões no Bairro João de Barro. Não haverá missa na Matriz.
Dia 24/03
8h - Missa com bênção de ramos inicia na Praça Dona Leopoldina, em frente a Escola Barão / 10h - Missa com bênção de ramos e Confissões em Vista Alta.
Dia 25/03
6h30 - Missa com bênção de perfumes e óleos na Matriz.
Dia 26/03
6h30 - Missa com bênção de remédios e chás na Matriz.
Dia 27/03
6h30 - Missa com bênção de chaves na Matriz /15h - Missa do Apostolado com bênção de Ramos em Bom Principio.
- Curso de Pais e Padrinhos dia 11 de abril às 19h30min na Igreja Matriz.
Inscrições na secretaria paroquial.
Catequese de adulto dia 16 de abril, às 19h30min. Inscrições na secretaria paroquial.

INFORMATIVO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO INHACORÁ


A Secretaria Municipal do Agronegócio e Meio Ambiente, informa aos produtores que estão abertas as inscrições para a aquisição de Forrageira de Inverno. Os interessados devem procurar a Secretária para realizar seus pedidos tendo como data final o dia 25 de março.
A Secretaria Municipal de Agricultura comunica que todos os portadores de Bloco de Produtor Rural deverão trazer certidão atualizada do Registro de Imóveis (Escritura de suas terras) e/ou Contrato de Arrendamento, para apresentação na Secretaria Municipal de Agricultura. Maiores dúvidas e informações pelo fone 3616-0250 com Olimar.
Os organizadores e a equipe PRÓ-CALVÁRIO convidam a todos para a Encenação da paixão, morte e ressurreição de Cristo, já em sua 36ª edição, que acontecerá dia 29 de março de 2013, às 19h30min, no Santuário Parque São Francisco de Assis – o Calvário. Para seu maior conforto, pede-se que tragas cadeira!
A Administração Municipal lembra que estão transcorrendo as festividades alusivas ao aniversário de 21 anos do Município de São José do Inhacorá. A programação se estenderá de 09 a 24 de março:
22, 23 e 24/03 – 3ª Cavalgada Ecológica de São José do Inhacorá, conforme programação exclusiva.
24/03 – (12h): Encerramento da programação do 21º aniversário do Município com a 3ª Cavalgada Ecológica junto ao CTG Recanto da Tradição.
A IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil) - comunica que haverá Culto e Santa Ceia no quiosque da praça municipal, no dia 23 de março, às 19h30min.
O Setor de Vigilância Sanitária comunica que os alvarás são exigidos pelo Município de São José do Inhacorá, através da Secretaria Municipal da Saúde, e renovados periodicamente 01 vez por ano. Verifique com seu contabilista se fez o requerimento de seu alvará. Lembramos que os mesmos vencem em 31 de março de 2013. Fique sempre atento ao aos prazos de vencimento e renovação dos Alvarás para que a renovação seja providenciada antes do vencimento.
O Secretário da Junta de Serviço Militar de São José do Inhacorá comunica aos jovens nascidos no ano de 1995 e anos anteriores, e que ainda não realizaram o Alistamento Militar, que os mesmos deverão se apresentar nesta Junta de Serviço Militar, trazendo consigo a certidão de nascimento original, 1 foto 3x4 recente, RG e CPF.
O Setor de Educação Física e Desporto comunica que na tarde deste sábado teremos a continuidade do Campeonato Municipal de Bocha:



20 anos de Glaci Modas


Abertura oficial do aniversário de 21 anos do município tem Festa Popular

Assessoria de Imprensa

Os festejos alusivos aos 21 anos de São José do Inhacorá são contemplados com programação iniciada no dia 09 de março e com seu encerramento previsto para o dia 24. A abertura oficial que estava prevista para o dia 10 de março junto à comunidade de Mato Queimado com festa esportiva, não ocorreu devido ao mau tempo que se abateu naquele domingo. Todavia, a festa popular do dia 15 trouxe a abertura oficial onde o prefeito municipal Sr. Eliseu Schenkel saudou os presentes e agradeceu a todas comunidades e entidades parceiras que colaboraram direta ou indiretamente para o desenvolvimento de sua programação. Deu ainda, visibilidade ao lema: O ser humano em 1º lugar onde se propõe a fazer o que vem ao encontro dos desejos e necessidades de sua população.
A festa popular na Praça Municipal, a qual congregou um público de aproximadamente 1.000pessoas, trouxe ao palco a banda Sol Maior do Município de Tucunduva/RS. Após, subiu ao palco um grupo musical local -a Banda Alvorada, que abrilhantou a noite, com muita alegria, dança e confraternização. 
Já no domingo, dia 17, o 3º Trilhão de Motos do Grupo Assulera de São José do Inhacorá reuniu em torno de 200 participantes apaixonados por aventuras sob 02 rodas de mais de 15 municípios do Estado.
Logo pela manhã, os trilheiros participantes foram recepcionados com café da manhã no quiosque da praça municipal, oportunidade em que realizaram o seu credenciamento para o 3º Trilhão. Às 09 horas foi dada a largada com o intuito de percorrer 50quilômetros de sinuosos e íngremes trajetos no território Off Road do Município. O retorno aconteceu a partir do meio-dia, onde foi servido um almoço aos mesmos.     
O grupo de Trilheiros Assulera agradece a toda comunidade envolvida e todos os demais que se empenharam para o sucesso deste evento.










Aniversário da Léia Fashion! Participe!


Padre Jaime Ludwig e Frater Castelar assumiram os trabalhos na Paróquia São José


Vanderlei Holz Lermen

Desde o dia 17 de fevereiro, a Paróquia Católica São José de Boa Vista do Buricá conta com um novo pároco, o Padre Jaime Ludwig. Conversamos com ele, e também com o Frater Castelar Fabiano da Luz, que também é novo na paróquia, para apresentá-los à comunidade e nos falar um pouco sobre os projetos e trabalhos que serão realizados durante a sua permanência na cidade.
JT - Fale-nos um pouco sobre você:
Padre Jaime - Sou filho de Lidio Vendelino Ludwig e Teresinha Beuren Ludwig. Tenho uma irmã e dois irmãos. Família residente em Linha Brasil/Crissiumal. Antes de completar dois anos de vida fui residir em Linha Rica, Nova Candelária. Fiz o Ensino Fundamental na Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora da Purificação, hoje cidade de Nova Candelária e o Ensino Médio no colégio Barão do Rio Branco de Boa Vista do Buricá. Ingressei no Seminário São José de Rio Negrinho/Santa Catarina, em 2000, onde fiz o propedêutico. Depois cursei os estudos de filosofia em Brusque, o postulantado e o Noviciado em Barretos/São Paulo, onde professei os votos. Em 2005 iniciou meu estágio pastoral na Paróquia Puríssimo Coração de Maria em São Bento do Sul/SC. Continuei a formação com os estudos teológicos em Taubaté/SP em 2007. Professei os votos perpétuos na Paróquia São José/Corupá e a ordenação diaconal aconteceu na Paróquia Nossa Senhora do Rosário em Nereu Ramos. Tendo concluído os estudos em Taubaté continuei exercendo os trabalhos na Paróquia Três Santos Mártires de Crissiumal. Nesta cidade, após a Ordenação Sacerdotal, continuei exercendo meu ministério. No final de 2012 fui designado pelo Superior Provincial a exercer meu ministério na Paróquia São José/Boa Vista do Buricá juntamente com o Ir. Albano e o Frater Castelar.
JT - O que mais te marcou na chegada aqui na Paróquia São José?
Padre Jaime - Assim que cheguei a Paróquia São José senti-me acolhido. Acolhimento mostra o coração de cada qual mais parecido com o Coração de Jesus. Acolher é abrir o coração a si mesmo e ao outro. A acolhida antes de ser uma tarefa, é uma atitude. Uma atitude vai sendo cultivada cada dia até se tornar um hábito. Quem faz exercícios diários de acolhimento está em contínuo processo de educação para a comunicação cristã. O cristão deve se educar e se reeducar no acolhimento para exercer a sua missão dentro da Igreja e no mundo. Nossas comunidades paroquiais precisam de pessoas acolhedoras, amigas, humanas, dispostas a criar ambientes espontâneos de vivência comunitária da fé. O acolhimento deve ser praticado no dia-a-dia, em casa, na escola, no trabalho, no lazer e na Igreja.
JT – A quais atividades você dará prioridade nesses primeiros meses?
Padre Jaime - Ao chegar à comunidade sempre surgem algumas ideias, ou seja, o querer propor algumas sugestões para o bom andamento das pastorais. Por isso, é fundamental um bom planejamento de todas as pastorais. Penso, para a Paróquia duas prioridades: a Catequese e a Juventude (Missão Dehoniana Juvenil – MDJ, etc). Além disso, o auxilio e a presença nas demais pastorais para o bom andamento de cada qual.
JT - Quais os pontos principais do seu trabalho?
Padre Jaime - Alguns pontos fundamentais em torno de três palavras: 1ª) Gratidão: À minha família que generosamente me acolheu e a todos que educaram na simplicidade, nos valores e, sobretudo, na fé católica. Sou devedor dessa fé, dessa educação, desse grande legado familiar. Minha gratidão a toda Paróquia São José, as comunidades, comunidade religiosa das irmãs, pastorais, movimentos, etc, pela calorosa acolhida manifestada nas mensagens recebidas, encorajando-me e fazendo-me sentir, já, membro desta grande família; 2ª) Confiança: diz o autor sagrado: “tudo posso naquele que me fortalece”. Assim, confiança se torna sinônimo de fé. E esta confiança deverá ser fortalecida continuamente, bebendo nas fontes de nossa espiritualidade cristã: a Palavra de Deus e os sacramentos, em especial a Eucaristia. Enfim, trabalhar como se tudo dependesse de nós e, ao mesmo tempo, confiar como se tudo dependesse de Deus. 3ª) Comunhão: para falar de comunhão é muito útil a parábola do time de futebol; ninguém ganha uma partida de futebol sozinho. O fundamento deste esporte é a comunidade: são 11 jogadores, embora em posições e funções diferenciadas, todos movidos por um único objetivo, o gol. Não queremos jogar sozinhos. Queremos formar uma comunidade onde todos, sacerdotes, religiosos/as, pastorais, movimentos e leigos trabalhando em conjunto, sejamos capazes de edificar a comunidade eclesial.
Por fim, não podemos nos esquecer de São José. A nossa Paróquia é a ele dedicado. Também lembro de Nossa Senhora como modelo de mãe na fé. Que Nossa Senhora, como fez há dois mil anos atrás na festa do casamento em Caná da Galiléia com aqueles que trabalhavam, nos aponte o Cristo e nos diga: “fazei tudo o que Ele vos disser”. São José nosso protetor, Rogai por nós! Muito obrigado!
Com a vinda do novo pároco, a comunidade recebeu também a vinda do Frater Castelar Fabiano da Luz. Conversamos um pouco com ele também, para apresentá-lo aos nossos leitores:
JT - Fale um pouco sobre você:
Frater Castelar - Sou de Tuparendi-RS. Sou quinto filho da família. Desde o ano de 2003, estou vivendo a experiência de vida de seminário. Sendo, estes dois anos de Crissiumal, três anos de Brusque-SC na faculdade de filosofia, um ano de experiência diocesana, um ano de Corupá-SC como postulante, e um de Jaraguá do Sul-SC como noviço preparando para vida religiosa.
No final do noviciado no dia 02 de fevereiro de 2013, professei os votos com o lema “Permanecei no meu Amor” (Jo 15, 9). Com este lema, é que eu vim para Boa Vista do Buricá. Fazer uma nova experiência, juntamente com o Pe. Jaime, evangelizar este povo sedento de Deus.
JT - Como você foi acolhido pela comunidade e como pretende interagir com os fiéis?
Frater Castelar - Vim com o coração aberto, com a vontade de ajudar. A alegria é muito grande de aqui estar. Espero ser uma luz, a todos que encontrar. Procurarei me doar o máximo possível por todos vocês.
Buscarei seguir o ensinamento do fundador Pe. Dehon “Ir ao Povo.” Incentivado nestas palavras, almejarei estar no meio do povo. Nas visitas de seus lares, na pastoral, ou mesmo, em eventos de nossa sociedade. Sempre que me convidar estarei junto. Pois, ao estar junto é que vou conseguir levar meu lema. “Permanecei no meu Amor”.


Conheça a história da Gruta Nossa Senhora de Lourdes de Linha Ilha, São José do Inhacorá


Vanderlei Holz Lermen

Em meus passeios pelo interior encontro vários locais bonitos, diferentes e que despertam a minha curiosidade. Há algumas semanas, fui para São José do Inhacorá, cidade que gosto muito e acho muito bela, para conhecer um pouco mais do interior desse município. Quando menos espero me deparo com uma bela construção, projetada pela natureza e retocada pelo homem, na localidade de Linha Ilha: a Gruta Nossa Senhora de Lourdes, que foi inaugurada em 22 de junho de 1958.
Um belo local, um pouco distante da cidade, que não conhecia, e que nem imaginava que ali pudesse existir. A beleza, o espaço e as imagens que estão na gruta atiçaram minha curiosidade em procurar saber um pouco da história e do significado do lugar. Então, em contato com pessoas de São José do Inhacorá, fui informado de que pudesse conseguir maiores informações com o senhor Gerônimo Graeff, morador da localidade de Linha Ilha, filho do descobridor da gruta. Fui muito bem recebido por ele, que me contou toda a história. Confira a entrevista e os relatos do Senhor Gerônimo.
Vanderlei - Como foi descoberta essa gruta?
Gerônimo - Vieram morar aqui alguns parentes, e abriram uma picada, um caminho que fosse mais curto. Cada domingo eu e o pai íamos na missa à cavalo, e ali perto do trilho por onde passávamos havia sempre um lugar molhado. A estrada de antigamente era mais ou menos no mesmo lugar da atual.
Lembro que um dia quando voltamos da missa, o pai viu um quati naquele lugar. Fomos até na nossa casa, e depois o pai voltou lá. Achou quati, jacu, até tatu tomando água naquele pequeno poço.
A laje por si tinha uma abertura de uns 80cm. Não se via o que havia dentro, pois era muito escuro, mas tinha água. Aí o pai contou isso para o Frei Florino Ferhaguen, que vinha volta e meia passear aqui em casa.
O Frei também foi ver esse lugar. A laje aparecia um pouco, mas a terra na frente tampava boa parte dela. O pai pegou o enxadão e abriu uma valeta, e logo correu aquela água. Aquele poço não terminava. Via-se que lá de cima da laje estava correndo água, que saía da laje. Depois da descoberta foram até a prefeitura de Três de Maio para pedir uma esteira para limpar a parede de pedras. Veio uma pequena, uma das primeiras que a prefeitura tinha. Começaram a empurrar a terra e os arbustos até aparecer a gruta, do mesmo jeito que ela está hoje.
Com essa descoberta, o Frei Florino e o seu ajudante Alberto Froelich foram investigar com os diretores da ordem de São Franciscanos para ver o que poderia ser feito nesse local. Com isso vieram mais pessoas, inclusive o bispo visitar e olhar o lugar e decidiram construir algo ali para torná-lo conhecido, pois se tratava de algo diferente e bonito.
Vanderlei – Qual a reação dos moradores diante do achado?
Gerônimo - Os moradores se colocaram a disposição para ajudar no que fosse preciso. O terreno foi doado pelo proprietário da terra, o Senhor José Manoel Thomas, o chefe da obra foi Fredolino João Martini e o Frederico Graeff (meu pai) entrou com o material: tijolos, areia e cimento. E começaram o trabalho.
Vanderlei – E depois da construção pronta?
Gerônimo - Depois ficou aquilo ali feito. O próximo passo foi ir atrás de imagens, estátuas. Aí o Frei Victor Malmann, que era o vocacionado naqueles anos buscou informações e trouxe essas imagens, de São Paulo ou Rio de Janeiro, não lembro ao certo. As imagens que estão hoje na gruta, são as originais. Elas estão lá desde o início. Já foram restauradas por um acidente que ocorreu a alguns anos, mas ainda são as originais.
Vanderlei – Como eram as celebrações na gruta antigamente?
Gerônimo - Como ficou um lugar bonito, resolvemos de nos reunir no local. Juntavam-se aproximadamente 100 pessoas, essas reuniões foram realizadas em maio e outubro. Antigamente aqui na localidade e arredores haviam muitos moradores, todos vinham cada noite, nos meses de maio e outubro, fazer reza na gruta. No mês de maio era a época da colheita de soja. O tio José Thomas tinha trilhadeira e trilhava soja para fora, nas propriedades dos vizinhos. Ele poderia estar num vizinho mais distante trabalhando, parava o serviço e vinha puxar a reza. Os filhos levavam o livrinho e o terço para ele, que só lavava as mãos numa casa por onde passava e vinha lá fazer a reza. E todo mundo cantava. Depois da reza ele ia para o serviço de novo. E assim acontecia todas as noites, durante todo o mês, em maio e outubro. Chovia ou não chovia, estávamos lá. Se numa noite chovia demais, a reza era feita numa casa mais próxima. Mas não falhava uma noite. E tinha muita juventude aqui. Eram muitos jovens, pois cada família tinha mais de sete filhos.
 Anualmente a missa de aniversário da gruta era feita no local, e a festa era na casa dos meus pais. Como não tinha como fazer festa lá na gruta era feito aqui. E assim continuou por cerca de 12 anos.
Vanderlei – Foram feitas mudanças no local no decorrer dos anos?
Gerônimo - A gruta foi sendo ampliada aos poucos. Faz uns 25 anos que aumentamos uma parte para a frente. Agora temos planos de construir uma rampa para acesso por pessoas com dificuldades de locomoção, além de ampliar e melhorar as instalações.
Vanderlei – E a água que escorre pelas pedras da gruta, é permanente?
Gerônimo - A água que escore das pedras nunca terminou, somente diminui. No inverno, quando chove bastante, a água corre com um volume maior. Acredito que tenha uma “bacia subterrânea” acima da gruta, pois além do mato, mais para cima é lavoura. Como o local fica mais no alto, a água está diminuindo aos poucos. Antigamente, como tudo era mata, a água ficava mais tempo conservada. Hoje pelo cultivo das terras, essa água não permanece mais tanto tempo no solo. Pode ser essa uma das explicações para que a água que escorre pelas pedras da gruta esteja diminuindo de volume.
Vanderlei - Como era a participação das pessoas antigamente, em missas, procissões e festas?
Gerônimo - Quando tinha festa, o pátio da nossa moradia enchia de gente. A estrada ficava praticamente fechada com os carros estacionados. Vinham pessoas de Três de Maio, Horizontina, Independência, São Martinho e até municípios mais distantes. Sei que para fazer o almoço, carneavam um boi de 300 quilos, e dava mais ou menos carne suficiente para fazer o almoço para o pessoal. As churrasqueiras eram improvisadas no chão e os espetos feito com galhos de árvores tirados no mato. O pessoal comprava um espeto, sentava na grama e almoçava, pois não tinha como arrumar mesa para todas as pessoas.
Vanderlei - E como é a participação das pessoas hoje nas procissões e festas?
Gerônimo - Ultimamente poucas pessoas participam dessas celebrações. Parece que as pessoas não acreditam mais, não tem mais tanta fé como tinham no passado. Quando o Frei Raimundo era vigário aqui na Paróquia, ele vinha junto com a população para a gruta nos dias de reza. Aí vinha uma multidão de São José. Vinham pessoas de todos os lados no município, e se encontravam na gruta.  Hoje, parece-me que o povo não tem mais tanto interesse em fazer procissões e rezas. Não é mais aquela fé que o povo tinha antigamente. Naquele tempo ainda não havia o Município de São José do Inhacorá, era ainda pertencente a Três de Maio, mas já era um distrito e tinha uma paróquia. A paróquia aqui tem mais de 60 anos.
Reivindicação da comunidade
Em contato com o prefeito municipal de São José do Inhacorá, Eliseu Schenkel, recebi a informação de que o poder público irá auxiliar, no que estiver dentro da lei, nas melhorias que estão sendo planejadas para a gruta, como a rampa de acesso para pessoas com dificuldades de locomoção e reformas no espaço físico, pois houve uma reivindicação por parte da comunidade. Por ser um ponto turístico da cidade, a administração municipal tem por objetivo a conservação do local.
O nome “Gruta Nossa Senhora de Lourdes
 A escolha do nome envolve outra história. Segundo Gerônimo, o Frei sempre falava da história de Nossa Senhora de Lourdes de Portugal, e da menina Bernardete (Aliás, a imagem que está ao lado da Nossa Senhora de Lurdes na gruta é dela). Conta a história que a Nossa Senhora de Lourdes surgiu para a Bernardete, uma menina que estava juntando gravetos.
Pesquisando sobre a história, descobri que as aparições de Nossa Senhora de Lourdes começaram no ano de 1858 em Lourdes, uma pequena cidade localizada no sudoeste da França, quando Bernadette Soubirous, uma camponesa com 14 anos, afirmou ter visto uma "dama" na gruta de Massabielle, cerca de uma milha da cidade, enquanto ela estava recolhendo lenha com a irmã e um amigo. A "dama" também apareceu em outras ocasiões para Bernadette até os seus dezessete anos. Sua família era muito pobre. Esta jovem sofria de asma e tinha tendência à tuberculose. Foi uma moça quase sempre doente.
Relatou ainda o senhor Gerônimo, que segundo contava o Frei, naquela gruta também há uma fonte de água corrente, que nunca seca. Pela semelhança da água e pelas paredes da gruta, foi optado pela colocação da imagem da Nossa Senhora, da menina Bernardete e chamá-la de gruta Nossa Senhora de Lourdes.




Servidores públicos em desvio de função tem direito às diferenças de remuneração

As informações foram prestadas pela Pietczacki Advogados

Não é de hoje a prática de ilícito administrativo cometido pela Administração Pública nas diversas esferas de Governo, no que tange a servidores públicos nomeados para o exercício de um cargo e destinados ao exercício de outro, o que configura o chamado “desvio de função”. Ele ocorre quando o servidor público exerce funções diferentes daquelas previstas para o cargo o qual ele foi aprovado em concurso público. Neste caso, o servidor tem direito as diferenças de remuneração previstas entre o cargo que efetivamente está exercendo e aquele para o qual foi nomeado.
No âmbito do serviço público, a todo e qualquer cargo corresponde um rol de atribuições, sendo que o funcionário público tem competência para agir unicamente dentro das atribuições próprias ao cargo, contudo, muitas vezes, a Administração Pública, ao arrepio da legislação pátria e da Súmula 378 do STJ (Reconhecido o desvio de função, o servidor faz jus às diferenças salariais decorrentes), aloca seus servidores em atribuições diversas ao cargo que ocupam.
O desvio funcional, embora não autorize a permanência no cargo de efetivo exercício, nem ser o servidor público promovido ou reenquadrado no cargo que ocupa, por absoluta ausência de amparo legal, gera obrigação à Administração Pública de pagar as diferenças salariais correspondentes ao desempenho das funções efetivamente exercidas, relativas ao período trabalhado.
Reconhecido o direito à indenização pela prática de atividades laborais em desvio de função, perceberá o servidor, frisa-se, as diferenças salariais retroativas até 05 anos, acrescida de juros de mora e correção monetária na forma da lei.
Pondera-se que a situação funcional de cada servidor público deve ser analisada, visando identificar as atribuições acometidas ao cargo público e àquelas efetivamente exercidas pelo servidor, sendo direito do mesmo acionar a via judiciária competente para o ajuizamento de ação que reconheça o direito pleiteado, fazendo jus às diferenças salariais.

Vereadores aprovam importantes projetos para a comunidade boa-vistense


Débora Thomaz

Na noite de 18 de março foram votados 10 projetos de extrema importância para a comunidade boa-vistense. Confira abaixo a relação dos projetos aprovados pela Câmara Municipal de Vereadores:
Projeto de Lei nº 016/2013 - que autoriza o Poder Executivo Municipal a complementar o salário dos professores municipais e dá outras providências. O valor da complementação será a diferença entre o salário dos mesmos e o piso nacional do magistério, a contar de 1º de janeiro de 2013 até 28 de fevereiro de 2013. O Projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei nº 017/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder Revisão Geral Anual aos Servidores Públicos Municipais e dá outras providências, o qual corresponde à implementação de 5%, a contar de 01 de março de 2013, a todos os servidores municipais regidos pela CLT, Estatutários, Inativos e Pensionistas, Conselheiros Tutelares, detentores de Cargos em Comissão(CCs) e Funções Gratificadas (FGs), exceto aos Professores Municipais e aos Agentes Políticos. Aos servidores, cujos vencimentos básicos do cargo, forem inferiores a R$1.000,00, e não tiverem faltas durante o mês, a eles será concedido o valor de R$ 50,00 a titulo de prêmio assiduidade, exceto aos Professores, CCs, FGs e aos Agentes Políticos. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei nº 018/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder aumento salarial aos professores municipais e dá outras providências, o qual concede aumentos aos servidores públicos municipais detentores dos respectivos cargos de professor(a), alterando os coeficientes conforme segue: Para os professores com regime de trabalho de 22 horas semanais o coeficiente passa a ser de R$ 179,59; Para os professores com regime de 30 horas semanais o coeficiente passa a ser de R$ 244,89. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 019/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder auxílio financeiro à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Boa Vista do Buricá e dá outras providências, o qual concede auxilio financeiro a APAE de Boa Vista do Buricá, no valor de R$ 15.000,00, que deverão ser repassados em parcelas iguais, sendo a última até o dia 15 de novembro de 2013. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 020/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a contratar servidores para atender necessidade temporária de excepcional interesse público e dá outras providências. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 021/2013 – Altera os § 1º e § 2º do Artigo 34 da Lei nº 006/2006 (Palno de Carreira do magistério) e dá outras providências. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 022/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder bonificação de horas de serviço de máquina às Sociedades e Entidades e dá outras providências, o qual concede a bonificação de 2 horas de serviço de máquina às sociedades e entidades legalmente constituídas no município de Boa Vista do Buricá. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 023/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir um crédito especial no valor de R$ 1.110,00 utilizando como recurso auxílio da união – FNDE e até o montante de R$ 100,00 de rendimentos de aplicação financeira e dá outras providências.  O projeto é destinado para a aquisição de Merenda escolar para atendimento do Programa AEE. O Projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 024/2013 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir um crédito especial no valor de R$ 13.513,44 como Recurso Superávit Financeiro de 2012 da Fonte de Recursos Patrulha Agrícola(1085) e dá outras providências. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Projeto de Lei n° 001/2013 – Autoriza o Poder Legislativo a conceder aumento salarial do quadro aos servidores da Câmara Municipal de Vereadores e dá outras providências, o qual concede aumento salarial de 5% a contar de 1º de março de 2013, aos Servidores da Câmara Municipal dos Vereadores. Aos Servidores do Poder Legislativo , que não tiverem faltas durante o mês, a eles será concedido o valor de R$50,00 a titulo de assiduidade. O projeto foi aprovado por unanimidade.

Câmara Municipal de Vereadores realiza 2ª Sessão Ordinária de 2013


Débora Thomaz

Na noite de segunda-feira, dia 18 de março ocorreu junto a Câmara de Vereadores de Boa Vista do Buricá, a 2ª Sessão Ordinária do Legislativo Boavistense.
No Pequeno Expediente seis vereadores fizeram uso da palavra, cada um por no máximo cinco minutos. O 1º Vereador Inscrito, Orestes Roncatto parabenizou á todas as mulheres pela passagem do seu dia, bem como a Comissão Organizadora do Encontro Municipal das Mulheres. Parabenizou também o atual Secretário de Obras, Auri Leidemer, pelo bom trabalho que o mesmo está realizando junto ao setor. Falou sobre a Avenida Brasil, a questão do funcionalismo público e sobre os royalties do petróleo. Avenida Brasil - “Na sessão passada houve colegas que falaram sobre a Avenida Brasil, e eu escutei calado. Preciso me manifestar a respeito e dizer que se dependesse de minha vontade pela situação em que hoje se encontra a Avenida, nós não a concluiríamos. Eu a chamaria de Rua Brasil, e não de Avenida Brasil, pois ela é muito estreita e foi feita sem planejamento, sem ouvir a comunidade e principalmente as pessoas do Bairro Palmeiras. Em função desta obra temos hoje uma divida no valor de 700 mil reais, sendo pagos 30 mil reais por mês dos cofres públicos do município, além disso, temos ainda um abacaxi pela frente que é a falta de planejamento e de um projeto junto ao DAER para a liberação do trevo ou mesmo uma rótula. Sem comentar que aquela curva que vai até a Cotrimaio é a pior das piores curvas que eu conheço, não é uma critica é uma realidade. Quero que a comunidade saiba que se dependesse de minha vontade e que se não tiver a necessidade de concluir esta obra da maneira como ela está, eu particularmente não o faria, eu falo por mim e não pela Administração Municipal, pela maneira como foi encaminhado aquele projeto, sem contar que nós temos ainda um resto a pagar do projeto PROVIAS, numa motoniveladora que foi adquirida pela administração passada , que se irá pagar até junho de 2012”. Funcionalismo Público “Quero falar que sou e sempre fui defensor do funcionalismo público do nosso município e que nós não aceitamos ingerência por parte de alguém que sempre esteve de braços cruzados e que nunca fez nada por esta categoria, sendo que agora, de uma maneira equivocada e sem seguir os tramites legais, colhe assinaturas de funcionários sem explicar o porquê.  Nós precisamos primeiramente fazer um plano de carreira  para o nosso funcionalismo público municipal, mas antes porém precisamos  banalizar o exímio jurídico dos servidores públicos municipais, e depois sim, elaborar com todos os servidores o plano de carreira para os nossos municipários. Deve-se ouvir o Sindicato que é um órgão de classe de representatividade. Eu não sou contra a organização dos trabalhadores, é um direito que lhes assiste, mas por favor , caminhem pelo trâmite legal, vão pelo sindicato dos municipários, não tentem cometer uma ingerência política que não vai levar a lugar nenhum, sentem-se com os vereadores, procurem a Administração Municipal, nós estamos abertos a diálogos, queremos construir um plano de carreira que historicamente não foi feito. Registro mais uma vez que sou a favor do funcionalismo e estarei sempre do lado do funcionalismo, mas para fazer as coisas certas”. Royalties do Petróleo “O congresso nacional derrubou o veto da presidente Dilma, sobre os royalties do petróleo, o que vai beneficiar a nossa região, sendo que desta maneira 69 cidades da região, serão beneficiadas com 29 milhões de reais (dados do IBGE). Se não houver ingresso na justiça, por parte dos Estados, que se dizem prejudicados com a retirada destes valores, Boa Vista do Buricá irá receber um valor de R$ 357.778,00 a partir de abril, isto irá aumentar muito a receita anual do município”.
O 2º Vereador Inscrito, Mauri Carlos Werlang falou sobre o recolhimento do lixo na Rua Minas Gerais, problema este que segundo ele já foi sanado. Outro assunto abordado pelo vereador foi a questão do caminhódromo, sendo que o mesmo se encontra em péssimas condições , em função principalmente de novas construções naquele trecho. O vereador informou ainda que em conversa com o secretário Auri, lhe foi comunicado que a reforma do caminhódromo poderia começar já nos próximos dias. “Seria somente sobre este dois assuntos que eu iria falar, mas preciso responder um pouco ao colega Roncatto, pois me causa estranheza algumas colocações feitas por ele sobre a Avenida Brasil. Eu quero dizer que eu nunca concordei que a Avenida Brasil, passasse pelo Bairro Palmeiras, eu sempre quis que ela passasse nos fundos do Bar do Garoto. Foi uma grande briga, por várias vezes eu expus a minha opinião, mas por encarecer a obra isto não foi feito. Me causou estranheza, o que foi colocado pelo colega Roncatto, que agora me vem criticar a Avenida, dizendo que ela é estreita e criticando o lugar onde ela passa. Me lembro muito bem quando se iniciou a obra lá em baixo, num evento realizado no próprio Bairro em que várias autoridades se fizeram presentes e que o Senhor fez uso da palavra dizendo que esta era uma excelente obra, que traria benefícios para o município, sendo que na época você já tinha conhecimento da metragem e do local onde ela iria passar. Agora, estes momentos me surgiram na mente e me causam estranheza. Então, o Senhor deveria na ética ter dito que era contra, mas não, o Sr. elogiou a obra, eu estava trabalhando e escutei o Senhor falando na rádio e posso garantir que tudo está gravado. Eu sou um cara do bem, mas acho que você se esqueceu destes detalhes e eu o recordei. Falo novamente que não concordo com o lugar em que ela passa, não concordo mesmo, mas agora o senhor se contradisse”. O vereador abordou  também a questão do funcionalismo público, colocando que a oposição sempre irá existir. “De novo me recordo e desta vez do meu 1º mandato de vereador, na época uma questão da APAE foi bastante polêmica, onde se pediu um aumento maior para a entidade. Aquela vez se procurou Nova Candelária, mas a administração de Boa Vista do Buricá não foi procurada e se começou com um abaixo assinado da mesma maneira. Uso este exemplo para colocar que isto sempre vai existir, oposição e situação, mas eu não sou destas coisas, eu vou sempre pelo diálogo, mas então recordando um pouco no tempo, foi o mesmo caso, isso são coisas que nunca vão deixar de acontecer”. O vereador também fez algumas colocações sobre os Royalties do Petróleo, “Torço para que isto não seja derrubado agora no Supremo. Eu acho injusto os municípios não receberem isto, pois acho que é um direito de todo o Pais e não somente de alguns estados” – concluiu o vereador.
3º Vereador Inscrito, Lírio Dresch parabenizou as mulheres pala passagem do seu dia e também aos organizadores do evento. O vereador também abordou a questão do abaixo assinado. “Quero deixar algumas coisas bem claras sobre aquilo que circulou a alguns dias atrás chamado de abaixo-assinado por causa do plano de carreira. Eu fui procurado e também não assinei, mas quero esclarecer á todos os funcionários que eu não sou contra ninguém. Eu e minha esposa trabalhamos na prefeitura. Eu não assinei, não por ser contra o plano de carreira, pelo contrário, sou muito favorável mas por um plano de carreira discutido entre  prefeito, vereadores e pessoas que encabeçam a questão. No momento em que nós formos procurados para juntos sentarmos e discutir, com certeza vocês vão ter o apoio deste vereador sim, porque estou no mesmo barco.”
4º Vereador Inscrito Inácio Engster agradeceu ao chefe de obras Auri pelo seu empenho e boa vontade, colocando que percebeu que o secretário tem muitas preocupações com as condições de trabalho. Inácio questionou a questão de a máquina giratória estar sendo transportada por um caminhão do município de Nova Candelária e disse que achava estranho que o caminhão que servia antes, agora já não servir mais. No mais, o vereador agradeceu o empenho e a boa vontade do secretário abordando posteriormente um assunto que nos últimos meses tem tido bastante destaque, a questão da fiscalização dos salões e locais de festa. “Noto a preocupação das sociedades que estão sendo vistoriadas e algumas até interditadas, em função do que ocorreu no mês de janeiro na cidade de Santa Maria. Em minha opinião deveria se adotar um meio termo. Faço uma comparação com os salões aqui da região, que são praticamente formados por concreto, ferro e zinco em que o perigo de acontecer um sinistro como aconteceu na boate Kiss é praticamente zero. A preocupação das sociedades é muito grande, pois as adequações gerariam custos muito altos, sendo que algumas provavelmente teriam que fechar as portas. Acho que é uma coisa muito severa no momento. Ninguém é contra a segurança, regras precisam existir, mas acho que deveria se adotar um meio termo, por exemplo no prédio da Feicá nem a Terceira Idade consegue mais  realizar seus encontros hoje, porque o prédio se encontra interditado, sendo que há duas portas enormes. É só uma colocação que eu faço, o meu pensamento é este, que não devia ser tão severo”. Inácio também fez algumas colocações sobre a Avenida Brasil e sobre os Royalties “A Avenida Brasil foi uma esperança de 30, 40 anos para sair do papel e era uma preocupação antiga. O governo Ioio teve a coragem de enfrentar este pepino e tentar fazer esta obra, não conseguiu terminar é verdade, mas a maior parte foi feita. Eu concordo que aquela curva realmente é perigosa, mas o Ioio teve a coragem de enfrentar este problema e conseguiu ao menos fazer a maior parte desta obra. Falando um pouco sobre os royalties, estranhamente eu não sei porque a presidenta Dilma ainda vota a favor destes três estados, como se eles fossem os donos do petróleo que está dentro do mar, na minha concepção estes valores são de todo o País e sabemos que qualquer valor que venha a mais vai ajudar o município”.
O 6º inscrito José Mario Mildner cedeu a palavra para o Presidente da Câmara Vilson Leidemer que falou sobre o belíssimo Encontro realizado em comemoração ao Dia das Mulheres e também sobre a Final do Campeonato de Verão, que transcorreu com pleno êxito. Vilson parabenizou a diretora de esportes, Mônica Simon pela atitude que teve ao realizar a apresentação do balanço do campeonato para todas as equipes participantes e também pela organização do evento. “Outra questão que vou me reportar é sobre o que o colega Inácio abordou anteriormente sobre o caminhão que transporta a giratória. Eu acho que ninguém vai arriscar a vida em cima de um caminhão que corre riscos. Os motoristas sentiam-se em perigo, pois este caminhão não é para puxar uma máquina do tamanho e do peso de uma giratória, com certeza este caminhão serve apenas para picos pequenos. Eu acredito que a administração já planejou e vai ter este caminhão em breve para o transporte desta giratória. Outra questão que vou abordar é da limpeza dos terrenos abandonados e das áreas verdes que foi realizada nos últimos dias, dando assim um aspecto mais bonito para a cidade de Boa Vista do Buricá”.
 No grande expediente dois vereadores fizeram uso da palavra, Orestes Roncatto se manifestou sobre o projeto de gratificação dos Servidores da Câmara e também solicitou que fosse encaminhado projeto para a correção do salário do Assessor Jurídico da Câmara, Darci Cacildo Classmann. Falou também sobre os problemas com cascalho, Avenida Brasil e também sobre a Reunião da 14ª Coordenadoria Regional da Saúde.
Carlos Diesel abordou a questão das lombadas eletrônicas e apresentou uma reportagem do Jornal Semanal que tratava sobre a retirada das lombadas eletrônicas no município de Três de Maio, “assim como o município de Boa Vista do Buricá tinha enormes gastos, Três de Maio também optou pela retirada das lombadas”. O vereador informou ainda que está trazendo um projeto para a criação de tilápias, onde os produtores teriam venda garantida do produto.
Após o pronunciamento dos vereadores o Presidente da Câmara, deu por encerrada a sessão, convidando a todos para participar da próxima Sessão Ordinária que será realizada no dia 01 de abril. 

E.M.E.F. São José comemora dia do Padroeiro


A Escola Municipal de Ensino Fundamental São José tem como padroeiro, São José. A figura de José lembra-nos o homem humilde, simples e trabalhador, o carpinteiro de Nazaré. São José foi esposo de Maria, pai adotivo de Jesus.
Como escola buscamos trazer presente em nosso meio escolar estas virtudes e seu modo de ser,  reforçando a sua  dedicação e humildade, bem como  o  modelo de pai e educador que foi. Durante a semana passada refletimos com os alunos sobre sua vida, através de cantos, orações, diálogos e pedidos, preces de louvor.
O ponto culminante para festejar o dia do padroeiro foi a Celebração Eucaristica realizada no dia alusivo ao seu dia, 19 de março, ás 8h na Igreja Matriz, onde juntos em comunidade com a Paróquia São José louvamos e bendizemos a Deus Pai por todos os benefícios e graças concedidos a nossa escola por intermédio de São José, o nosso padroeiro e pedindo que ele continue acompanhando e iluminando o trabalho de nossa Escola e de nossa Paróquia.
Que São José rogue por cada um de nós !














Prefeito de Nova Candelária solicita intermediação de Classmann nas demandas do município


O líder da bancada do PTB, deputado Aloísio Classmann, recebeu o prefeito de Nova Candelária, Carlos Alberto Dick (PT), e o secretário de Administração e Planejamento, Ari Edmundo Roehrs. O gestor solicitou ao parlamentar apoio na condução das demandas do município junto ao governo estadual.
 "A administração pode contar com o trabalho de gabinete na intermediação dos pleitos e na busca de qualidade de vida à comunidade de Nova Candelária", afirmou Classmann.


Recuperação da RS 472, entre Humaitá e Boa Vista do Buricá, ainda sem data para início


Alto Uruguai

A obra de encascalhamento da RS 472, trecho que liga Humaitá à Boa Vista do Buricá, ainda não tem uma data definida para início. A 14ª Superintendência Regional do DAER, responsável pela rodovia, aguarda o licenciamento ambiental de uma pedreira para retirada do material para recuperação da via.
 O licenciamento foi delegado ao município de Boa Vista do Buricá. De acordo com o vice-prefeito Vilmar Horbach, há uma pedreira que está em fase final de licenciamento. Entretanto ele ressalta que, após a assinatura do documento, a prefeitura irá estudar se há quantidade suficiente de cascalho para realização da obra. Será analisado também se a demanda interna do município não será prejudicada, pois há estradas dentro do município que necessitam de encascalhamento.
 Vili sugere que os prefeitos de Humaitá, Boa Vista do Buricá e Nova Candelária, municípios permeados pelo trecho, se reúnam para discutir maneiras de como fornecer o cascalho para a obra, caso a pedreira não consiga atender a demanda.
O Daer deve realizar nos próximos dias um patrolamento na estrada, a fim de reparar provisoriamente os danos provocados pelas chuvas da última semana.
A recuperação desse trecho da RS 472 foi autorizada pela Secretaria de Infraestrutura e Logística do RS ainda no ano passado. O investimento será de 350 mil reais, nos 22 quilômetros e meio de estrada.

156 Candidatos se inscreveram para o Processo Seletivo


Assessoria de Imprensa

Encerraram-se na sexta-feira, 15 de março, as inscrições para o Processo Seletivo da Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá-RS. 156 pessoas se inscreveram para participar do Processo Seletivo que oferece vagas para professor(a) de Educação Infantil, Professor(a) de Séries Iniciais, Agente Administrativo , Agente de Saúde, Farmacêutico(a), Assistente Social, Nutricionista, Visitadores do  PIM, Agente de Endemias, Agente Educional II – Atendimento de Esc. Infantil e Creche.
As provas objetivas serão realizadas no dia 23 de março das 8 às 11horas, na Escola Municipal de Ensino Fundamental São José,  sendo que a relação dos candidatos, será publicada no Saguão da Prefeitura Municipal, bem como no site www.burica.com.br. Não serão enviados avisos ou quaisquer tipos de correspondência aos candidatos.
As questões das provas objetivas serão de múltipla escolha, com cinco proposições cada e sem consulta a qualquer material, com duração de três horas. Será considerada inválida a resposta que apresentar rasura, omissão ou duplicidade de alternativas assinaladas, atribuindo-se pontuação zero para a resposta.
O gabarito oficial das provas objetivas será publicado no Saguão da Prefeitura Municipal e no site do município no dia 27 de março. As salas serão abertas as 7h30min e serão fechados, impreterivelmente, às 8horas, não sendo permitida, em hipótese alguma, a entrada de candidatos após este horário. Em caso de perda ou furto do documento de identidade ou do cartão de identificação, o candidato só fará as provas com apresentação de documento que ateste o registro de ocorrência policial. Durante a realização das provas, não será permitida a comunicação entre os candidatos, nem a utilização de calculadoras ou similares, livros, anotações, impressos ou qualquer equipamento digital. Não será permitida a entrada de candidatos portando armas, bonés, telefone celular, gravador, receptor, bip, walkman ou qualquer outro aparelho similar.
Terão suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do Processo Seletivo o candidato que: a) for surpreendido dando ou recebendo auxílio; b) usar ou tentar usar meios fraudulentos e/ou ilegais; c) desobedecer as orientações dos fiscais, auxiliares ou autoridades presentes. d) Utilizar-se de régua de cálculo, livro, máquinas de calcular e/ou equipamento similar, dicionário, nota e/ou impressos que não forem expressamente permitidos, telefones celulares, gravador, receptor e/ou pagers, e/ou que se comunicar com outro candidato; e) Faltar com a devida cortesia para com qualquer um dos examinadores, seus auxiliares, autoridades presentes e/ou candidatos; f) Recusar-se entregar o cartão de resposta ao término da prova; g) Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal; h) Descumprir as instruções contidas na Prova; i) Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido.
O candidato somente poderá se retirar do local de provas, em caráter definitivo, a partir de  cinco minutos após o inicio das provas. Somente serão admitidos no recinto em que se realizarem as provas: os candidatos; os fiscais; os membros da comissão do Processo Seletivo e os membros da equipe técnica de apoio ao Processo Seletivo.
Somente serão considerados como documento oficial de identidade, para efeito desse Processo Seletivo: Carteira de Identidade Civil, expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, Ministérios Militares, pelo Ministério das Relações Exteriores e Policiais Militares, Corpo de Bombeiros Militares, Passaportes, Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia, na forma da Lei nº 9.503), além das carteiras expedidas por órgãos públicos ou conselhos profissionais que, por lei federal, valham como identidade.
Quando, após a prova, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, sua prova será anulada e automaticamente eliminado do Processo Seletivo. Não haverá por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em virtude de afastamento de candidato da sala de prova. As pessoas portadoras de deficiência participarão do Exame em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.
Os candidatos no dia da realização da prova objetiva, deverão comparecer portando os documentos mencionados no edital e caneta esferográfica de tinta azul ou preta e comprovante de inscrição. A relação dos inscritos, por sala, será divulgada até três dias antes das provas, no Saguão da Prefeitura Municipal e no site www.burica.com.br.

Hospital realiza Assembleia com os Associados


No dia 12 de março de 2013, com início às 18h30min em segunda convocação nas dependências da Associação Hospitalar Boa Vista, realizou-se Assembleia de prestação de contas aos associados, apreciação e aprovação do Balanço Social, atividades realizadas no decorrer do ano e reforma do estatuto.  O Sr. Rodrigo Bones contador apresentou o balanço de 2012 da Entidade com as devidas explicações da Demonstração do Superávit do Exercício e Balanço Patrimonial encerrado em 31.12.2012, aprovado por unanimidade pelos presentes. A Seguir o Sr. Vanderlei Dimas Hoelscher conselheiro Fiscal leu o parecer assinado pelos membros do Conselho Fiscal que após examinado referidas demonstrações de resultado do exercício, Balanço Patrimonial e mais peças contábeis ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2012, encontrando tudo na mais perfeita ordem e exatidão, somos do parecer de que os mesmos devem ser aprovados pela Assembleia Geral, e por sua exatidão respondemos. Dando seguimento a ordem do dia, a advogada Sra. Rafaela Klauck Serafim, explanou aos presentes o motivo da proposição da diretoria em reformar o Estatuto da Entidade. Todos os artigos do Estatuto Social foram  apresentados a Assembleia, com as devidas alterações propostas pela comissão composta pelo Sr. Mauri Simon, Ari Kochhann, Vanderlei Hoelscher, Fábio Kunrath e Lori Klaus, foi aprovado pelos associados o novo Estatuto Social, o mesmo será revisado pela comissão citada acima antes do Registro no Cartório. Agradecemos a presença de todos os associados que se fizeram presentes.


segunda-feira, 18 de março de 2013

Mulher mata homem em São José do Inhacorá


Vemri Carlos Gaklik, 45 anos, tomou um tiro no peito e morreu no local
Uma mulher matou um homem com um tiro na manhã desta segunda-feira em São José do Inhacorá, no noroeste do Estado. O crime aconteceu por volta das 6h na residência em que ela dividia com o marido. Segundo o delegado João Vittorio Barbato, Vemri Carlos Gaklik, 45 anos, seria o amante da mulher. Ela já teria registrado ocorrência contra a vítima por agressão.
O marido da mulher, com quem ela teria voltado a morar nos últimos meses, tomou um tiro no braço. Ele foi internado no hospital de Três de Maio, mas passa bem.
A arma usada no homicídio foi apreendida. O delegado irá ouvir o casal ainda nesta manhã. Ainda não se sabe os motivos do crime.

Fonte: Zero Hora

Programação 3ª Cavalgada Ecológica de São José do Inhacorá


João de Barro - campeão categoria Pré-Mirim

Madeireira Ludwig / BM Móveis - Vice categoria Pré-Mirim

Madeireira Ludwig / Tcheka Pneus - campeão categoria Mirim

Casa das Linhas - Campeão Campeão categoria Infantil

Tcheka Pneus - Vice- campeão Categoria Infantil
Luquinhas Brinquedos/ Vidraçaria Boa Vista - Campeão categoria Juvenil
Tok Lar/Casa das Linhas/Piz. Sabor Caseiro - vice categoria Juvenil

Proambi / Mar Rio / Marmoaria Silveira - Campeãs feminino

Misturinha NC - vice, feminino