segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Idosos de Boa Vista do Buricá serão atendidos pelo CRAS

O CRAS de Boa Vista do Buricá está reformulando o projeto “MELHOR IDADE EM MOVIMENTO”, o qual objetiva primordialmente o trabalho a ser desenvolvido com os idosos oferecendo uma melhor qualidade de vida à terceira idade.
A equipe do CRAS está em fase de reformulação do projeto, deste modo os idosos interessados em participar das atividades a serem realizadas devem se dirigir ao CRAS para realizar as inscrições.
Serão constituídos 05 sub-grupos específicos, cada grupo será constituído por 25 idosos, portanto as vagas são limitadas.
Os encontros ocorrerão uma vez por semana, no turno da manhã, sendo monitorados com profissionais capacitados educador físico, terapeuta ocupacional, assistente social, psicóloga e outros profissionais que vierem a se apresentar como necessários.
Foram planejadas atividades como: caminhada monitorada, atividades lúdicas, rodas de conversa e hidroginástica.
Fonte: Assessoria de Imprensa

Assistência Social de Boa Vista do Buricá promoveu a Praça da Alegria

No último domingo, dia 20 de outubro, foi promovida pala assistência social a PRAÇA DA ALEGRIA, a qual ocorreu junto à Praça Dona Leopoldina.
O evento foi realizado numa bela tarde de sol, na qual houve a confraternização das famílias boavistenses.
Durante à tarde  as crianças puderam aproveitar disponibilidade dos brinquedos infláveis do Luquinhas Brinquedos, houve também pintura de rosto e distribuição de lanches e refrigerantes a todas as crianças presentes no evento.
O evento foi organizado em comemoração ao Dia das Crianças, sendo esta uma atividade comunitária para qual toda a comunidade local foi convidada.
A Praça da Alegria foi promovida com os recursos repassados pelo governo federal, que tem como objetivo através dos programas específicos a promoção da convivência familiar e comunitária deste que estas sejam realizadas pelo CRAS depois de apreciadas e aprovada pelo CMAS.
Deste modo também agradecemos pelo apoio de algumas integrantes da Casa da Amizade na distribuição dos lanches,a Comercial Gaúcha pelo empréstimo de materiais para a organização e a Selmira Doces e Salgados pelo apoio quanto à comercialização dos lanches.


Empate nos gramados, goleada na solidariedade

O sábado que antecedeu o clássico Grenal que terminou em 1x1 nos gramados foi de solidariedade no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Três de Maio. No período da manhã foi realizada a 2ª edição do Grenal pela Vida, campanha de doação de sangue que usa a rivalidade sadia dos torcedores para mobilizar o maior número de doadores.
Mais de 160 pessoas compareceram à Instituição para a doação, mas com o limite de aproximadamente 80 doações por questões de armazenamento e processamento, o Grenal teve 42 doadores colorados e 39 doadores gremistas. A direção do HSVP agradece a todos que se dirigiram ao Hospital para este importante gesto de amor, pedindo para que as pessoas que não puderam doar nesta campanha retornem nas próximas para que as goleadas de solidariedade nunca terminem.
Ao final da doação, foram sorteadas uma camisa oficial do Grêmio e uma do Internacional entre os doadores. Os vencedores foram a colorada Terezinha Alfeen e o gremista Marcelo José Murinelli. Ambos ficaram muito contentes com a premiação, mas ressaltaram que o mais importante foi o gesto da doação de sangue, em que puderam representar seus times do coração para salvar a vida de alguém.

ESCOLINHA DE FUTEBOL DE BOA VISTA DO BURICÁ/NOVA CANDELÁRIA/ORIENTAL: Equipe é campeã da Copa Internacional Dragões do Rio Grande

Assessoria de Imprensa

Nos dias 18, 19 e 20 de outubro, na cidade de São Luiz Gonzaga aconteceu a primeira Edição da Copa Internacional Dragões do Rio Grande. Esta competição foi Organizada pela Escola de Futebol Guri Bom de Bola para Cristo, com apoio do 4º RCB Regimento Dragões do Rio Grandeque contou também com a participação de equipes de São Borja e de Oberá Argentina. Os Alunos da Escolinha de Futebol de Boa Vista do Buricá das categorias sub 9 e sub 15 foram conduzidos pelos Técnicos Alexandre Ott e César Springer em parceria com as equipes de Nova Candelária e Oriental da cidade de Três de Maio. A equipe sub 15 conquistou o terceiro lugar e a equipe sub 9  conquistou o Título de Campeões da Copa Dragões do Rio Grande. Alémdeste Título, foi conquistado pelo atleta Oscar Halmenschlager o Troféu de Goleiro menos vazado e o troféu de Goleador conquistado pelo Atleta Guilherme, da cidade de Nova candelária.  O Projeto da Escolinha é Organizado pelo Departamento de Esportes de Boa Vista do Buricá juntamente com a Secretaria de Saúde que trabalham com cerca de cem crianças e adolescentes em turno inverso. Ressaltamos a importância da iniciação esportiva no Município e também a participação em eventos a fim de descobrir talentos no esporte.

Polícia Civil prende quadrilha com 17,8kg de cocaína na BR 472


Paulo Marques Notícias

Foram presos na madrugada desta quarta-feira (23) cinco homens e duas mulheres, uma delas menor de idade, e com eles 17,8kg de cocaína.
A quadrilha era investigada pela 1ª DP de Santa Rosa, num serviço da equipe do delegado Ubirajara Dihl, que monitorava as ações dos elementos e culminou com a prisão dos traficantes.
A ação policial que contou com o serviço de inteligência da equipe do delegado Márcio Stefens da DP Regional, e o apoio do delegado Barbato e policiais de Três de Maio, que abordaram os veículos na BR 472 por volta das 2he45min da madrugada, na divisa dos municípios de Três de Maio e Boa Vista do Buricá. A quadrilha estava dividida em três automóveis, um Fiat Idea que transportava a droga dentro do painel, e uma Parati e um Astra que serviam de batedouros na ação dos bandidos.
Segundo o delegado Ubrirajara, a quadrilha que é de Santa Rosa retornavam do Estado do Paraná, e iriam comercializar a droga na região. Em valores aproximados, os 17,8kg de cocaína poderiam render aproximadamente R$2 milhões.

O difícil papel da polícia

Homens e mulheres a serviço da segurança pública, profissionais que estão para proteger você e sua família. Proteger também o seu patrimônio e o bem público. Estes soldados do bem se chamam: Policiais.
O papel do policial torna-se cada vez mais difícil na sociedade atual. Leis, mal elaboradas e falta de investimento em educação, são alguns dos fatores que contribuem para tal decadência. Além de lutar contra criminalidade, o policial tem um grande obstáculo em seu caminho. Leis que possuem uma liberdade excessiva, aonde não se têm penas mais severas para criminalidade.
Nos últimos tempos noticiam-se assuntos de falta de segurança pública, e concordo em partes. A força humana está deficiente, pois faltam homens para tantas ocorrências, falta aparelhamento para as polícias, e a classe sofre uma cruel desvalorização. Um coração debaixo de uma farda, com a decisão de escolha entre sua própria vida e a do cidadão de bem, militares que estão nas ruas para proteger famílias, e muitas vezes não retornam para a sua, porque escolheram honrar seu juramento, porque decidiram cumprir seu papel. Respeito, admiração e reconhecimento são necessários para estes policiais, mas, insuficientes. Escrevo esta semana referente a eles porque vivenciamos um episódio que repercutiu nacionalmente, sobre um assalto onde um policial agiu em defesa do cidadão de forma exitosa e assim muitos pelo Brasil a fora tem atitudes e resultados exitosos do seu trabalho. Mas na contra partida um judiciário que porventura esteja a beira da falência, autoridades possivelmente, sem autoridade para sugerir mudanças repentinas e urgentes para este código penal ultrapassado, políticos em um congresso ou câmara federal que parece que estão a serviço próprio, muitas vezes deixando de lado os anseios do cidadão, e esquecendo seu papel, que é de trabalhar incansavelmente por aqueles que precisam de leis para manter a “ordem e o progresso”. Falta de presídios.  A  Falta de investimentos em educação é outro fator que colabora para as dificuldades que o policial junto com a sociedade esta vivendo. Não se tem uma boa formação para os jovens, principalmente em centros periféricos da grandes cidades, fazendo com que parte desses tornem-se criminosos.
Muitos são os esforços da categoria para mudar esse quadro, para que a policia possa fazer o seu papel que é de manter a ordem e a segurança da sociedade, sem sentir-se coagida por criminosos que por muitas vezes possuem armas mais potentes que as dos próprios policiais, corriqueiro em capitais e regiões metropolitanas.  Aos Policiais de todas as Polícias e de todas as esferas, aos guardas civis, mas, especialmente, aqueles que se destacam em atos de bravura, em acontecimentos tão esperados pela sociedade. Quero de forma especial congratular aos que estão a serviço da força pública de segurança.

Thiago D’avila
Graduado em Gestão Imobiliária,
Graduando em Gestão Pública.

Horário de verão divide opiniões

O horário de verão começou na madrugada do último domingo (20), quando os relógios das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e no Distrito Federal foram adiantados em uma hora. O objetivo é a redução no consumo de energia elétrica, já que os dias ficam mais longos.
O horário de verão costuma dividir opiniões já que para muitas pessoas, a maior dificuldade é levantar uma hora mais cedo. Já para outras, o período propicia aproveitar mais as tardes. Confira algumas opiniões:
Daiane Hermann - Não gosto do horário de verão pois ele se torna muito cansativo, vamos dormir mais tarde devido ao calor, mas continuamos acordando cedo e por ter sol até mais tarde nos desgastamos mais com outras atividades.
Nadine Löeblein - Gosto do horário de verão, pelo fato da tarde ser mais longa e proveitosa.
Inajá Oliveira da Silva - Em minha opinião o horário de verão nos traz muitos benefícios, pois além de reduzir o consumo de energia elétrica, temos melhor aproveitamento para o lazer, melhor convívio familiar entre pais e filhos, melhor aproveitamento nas atividades comerciais e em muitos casos, aumentando a segurança das pessoas, pois saem de seu trabalho, antes do anoitecer.
Jordana Diel - Acho que não interfere muita coisa, acredito que virou um motivo para as pessoas darem desculpas porque não querem fazer alguma coisa e falam que estão cansadas pelo motivo do horário de verão.

Convenção Municipal em São José do Inhacorá

Assessoria de Imprensa

No dia 19de outubro aconteceram as Convenções Municipais do Partido do Movimento Democrático Brasileiro - PMDB, em todo o Estado. Em São José do Inhacorá, conforme Edital de Convocação, houve  a referida Convenção junto a Câmara Municipal de Vereadores, sita a Rua Leopoldo Rockenbach, 399, das 8h30min às 11h, quando foi deliberado sobre o seguinte:
a) Eleição dos Membros titulares e suplentes do Diretório Municipal;
b) Eleição dos Membros titulares e suplentes do Conselho de Ética e Disciplina Partidária;
c) Eleição do Delegado à Convenção Estadual, titular e suplente;
d) Eleição, pelo Diretório Municipal eleito, dos Membros titulares e suplentes da Comissão Executiva Municipal e do Conselho Fiscal.
A referida Convenção foi presidida pelo 1º Vice-Presidente Sr. Edemar Antônio Dapper, pois conforme prevê o Estado do Partido, o Profº Eliseu João RedelSchenkel - presidente eleito para a gestão 2012/2013, automaticamente entrou em licença de sua função na direção partidária, após assumir o Executivo Municipal.
Conforme o Manual da Convenção, até 11/10/2013 era o prazo legal para apresentação de chapas pelos filiados do Partido, sendo então protocolada uma única chapa: “PMDB UNIDO PELOS MESMOS IDEAIS", a qual foi eleita por unanimidade do filiados presentes.
Após eleitos e empossados, os novos convencionais se reuniram para eleger a nova Comissão Executiva e Conselho Fiscal, quando novamente houve a apresentação e registro de uma única chapa, a qual também foi eleita por unanimidade, ficando a mesma assim composta:
Comissão Executiva:
Presidente: Alexandre Vaz Ferreira
Primeiro Vice-Presidente: Adriane Regina Spohr Waechter
Segundo Vice-Presidente: Waldyr Inácio Kercher
Secretária Geral: Magna Denis Becker Hofmann
Secretário Adjunto: Dari José Schwan
Tesoureira: Sandra Eliete MaffacioliReckziegel
Primeiro Vogal: Inês LudemilaEngsterDapper
Segundo Vogal: Marta WillersDinkowski
Líder da Bancada;
Primeiro Suplente: João Paulo Heckler
Segundo Suplente: Gilberto Pedro Hammes
Terceiro Suplente: Fábio André Nonenmacher
Quarto Suplente: Valdemir Paulo Weber
Conselho Fiscal:
Titulares: Rogério Heckler; Waldemo José Kochhann; Jair José Ludwig.
Suplentes:Renato Gräf; Paulo Isidoro Altenhofen; Fabiane Willers Ludwig.
Após serem empossados, o novo Presidente Dr. Alexandre, em nome da Executiva, se manifestou dizendo da alegria e satisfação em poder assumir o Partido e dar continuidade ao ótimo trabalho que o PMDB de São José do Inhacorá vem apresentando através de seu competente grupo com os mesmos ideais, também agradecendo e parabenizando ao Presidente licenciado Profº Eliseu, bem como ao 1º Vice-Presidente e equipe, e aos filiados que sempre se envolveram e envolvem nas tarefas propostas, cujo resultado final mais uma vez foi a conquista da unanimidade.

NILTON KASCTIN DOS SANTOS: Apenas um sopro

Para traduzir a fragilidade da vida humana, o grande Oscar Niemeyer saiu com a seguinte frase: “a vida é apenas um sopro”. E o “poeta das curvas de concreto” tinha razão. Realmente a vida biológica de um homem é efêmera demais, é curta, insegura, imprevisível e incerta. Mas essa frase simples e ao mesmo tempo profunda, proferida pelo notável arquiteto que viveu quase cento e cinco anos, não é dele; já foi dita, há milhares de anos (embora não exatamente com as mesmas letras), pelo patriarca Jó (7.7; 7.16), pelo salmista Davi (Sl 78.33; 144.4), por São Paulo, São Pedro, São Tiago (1.10), São João e por Jesus Cristo. E acredito que a expressão também não tenha sido inventada por estes. Na verdade, qualquer pessoa que se detenha um pouquinho a refletir sobre a vida tende a pronunciar naturalmente tal expressão, que vem sempre carregada de um sentimento de desilusão, de inconformidade e até mesmo de angústia. Daí que muitos preferem nem pensar na vida – ou, melhor dizendo, no fim da vida.
São João escreveu: “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade do Pai permanece para sempre (I Jo 2.16-17). Concupiscência significa apetite carnal desordenado, avidez pelas coisas materiais em detrimento da ética, da moral, do amor ao próximo e a Deus. Soberba quer dizer arrogância, orgulho, características visíveis de quem pensa ser mais do que os outros. A propósito, o sábio Salomão refere que “a soberba precede a ruína” (Pv 16.18).
Esses dois textos da Bíblia nos ensinam o seguinte: realmente a vida biológica é curta para bons e maus. Mas aquele que anda em concupiscência, ou seja, só pensa em “aproveitar” a vida no sentido de viver o máximo os prazeres carnais (buscar riquezas, fama, poder etc.), certamente cairá logo ali adiante, e, por não ter esperança de uma vida eterna com Deus, sua morte é cercada de dor, tristeza, solidão e profundo desespero. Ao contrário, a pessoa que não faz das coisas materiais seu objetivo de vida e leva uma vida de humildade (sem soberba), de autenticidade, de busca de Deus, vive a sensação gostosa de que nunca morrerá, sente-se eterna, tranquila diante dos rumores de morte ou mesmo do tão falado “fim do mundo”. Para essa pessoa, que importa que a vida terrena seja como um sopro?! E vive dessa forma exatamente porque sabe que é filha de Deus. E se o Pai é forte, poderoso, eterno, é lógico que o filho absorve traços de tais características. Era isso que o Salmista sentia quando orou: “O senhor reina! Vestiu-se de majestade e armou-se de poder... O mundo está firme e não se abalará. O teu trono está firme desde a antiguidade... Os teus mandamentos permanecem firmes e fiéis”. Parte dessa glória, desse poder, impregna a vida da pessoa que crê em Deus.
O homem carnal sofre amargamente as consequências de suas invenções modernas que diz representarem progresso, evolução. Enquanto isso, mesmo agonizando, a terra continua produzindo flores e frutos. O sol continua surgindo a cada manhã e a lua obedecendo com rigor aos ciclos que influenciam a vida natural. Enquanto o homem carnal, atolado em concupiscência e soberba, se debate em vão tentando provar teses loucas contra o criacionismo, a obra da Criação é que continua sustentando a existência humana e de todos os demais seres, animados ou não. Porque Deus governa o mundo independentemente da concupiscência e da arrogância do homem. Ele é fiel, seus mandamentos e leis permanecem firmes. A glória do homem “é como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor; mas a palavra do Senhor permanece para sempre” (1 Pe 1.24).
A vida biológica do homem que anda com Deus pode ser um sopro, sim, mas um sopro gostoso; mesmo assim, ele sabe que sua vida não acaba com a morte natural, pois, se o Pai é eterno, o filho também o é.

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS
Rua Pres. Getúlio Vargas 413, centro,
Boa Vista do Buricá – RS
Cultos aos domingos, 19h30min
Pastor Nilson Doneda

Erva-mate poderá chegar a R$ 20 o quilo em dezembro

Não é novidade para quem gosta de tomar chimarrão que o preço da erva-mate está nas alturas. E a previsão é do produto ficar ainda mais caro. O quilo da erva-mate, que em janeiro custava, em média no Estado, R$ 5,20, hoje está saindo por R$ 10,50. E as notícias não são otimistas: até dezembro, algumas marcas poderão chegar a R$ 20,00, estima o Sindicato da Indústria do Mate no Estado (Sindimate).
Para tentar amenizar este cenário, uma audiência pública foi realizada na terça-feira, dia 15, às 14h30min, na Câmara dos Deputados, em Brasília visando debater a proposta de isenção da alíquota do PIS/COFINS (Programa de Integração Social/Contribuição para Financiamento da Seguridade Social) da erva-mate, devido ao aumento no preço e a iminente escassez do produto nas gôndolas dos supermercados.
No RS o setor emprega mais de 13 mil pequenos produtores em 267 municípios e enfrenta uma crise tanto no aumento do preço como na redução das áreas plantadas.
De acordo com dados do Sindimate, o RS responde por 60% da produção nacional da matéria-prima do chimarrão, bebida típica dos gaúchos, com uma média de 260 mil toneladas por ano. Segundo o sindicato, outro problema que assola a produção é o uso das plantas na produção de cosméticos, o que tem contribuído para a diminuição do repasse às indústrias, que são cerca de 200 no Estado. A erva-mate também é produzida no Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Paraguai e Argentina.
Em função deste aumento no preço da erva-mate a Redação do Jornal Tribuna ouviu algumas opiniões sobre o assunto. Confira:
Micheli - É ruim para quem toma chimarrão todos os dias, pesa no bolso no fim do mês. Acredito que os fabricantes deveriam investir mais em matéria prima “pés de erva mate” para tentar diminuir o valor para o consumidor final.
Delmar  - É um absurdo, pois os produtores da erva-mate deveriam ter um incentivo maior do governo já que para a maioria das coisas tem incentivo. No momento do plantio e também no preço para comercializar. Temos poucos produtores de erva-mate por isso o preço sobe muito e entre esse meio ainda ocorre a queda da safra aí fica faltando mercadorias pois a colheita é somente cada 18 meses, com isso o produtor substitui o cultivo da planta por soja que é muito mais rentável.
Como gaúchos não deixaremos de tomar chimarrão mas com estes aumentos de preço da erva acho que teremos que optar por cuias menores. Deixar de tomar chimarrão é que não podemos!
Paulo Cezar - Acho que é um desrespeito contra nossas tradiçõesmas ao mesmo tempo os culpados disso tudo somos nós, pois os gaúchos não se preocupam sobre manter o que é deles mesmo, dando o lugar da erva mate para plantarem alguns pés de milho e soja.

Mãe poderá registrar o filho sozinha?

Vanessa Massmann

Um projeto de lei da Câmara dos Deputados (PLC 16/2013), que garante que mães e pais poderão ter o mesmo direito para registrar o nascimento de um filho, foi aprovado na semana passada por unanimidade, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Se não houver apresentação de recurso para análise no plenário da Casa, a proposta segue direto para sanção presidencial. Atualmente, o pai tem prioridade na hora de registrar a criança, mas na falta dele, a mãe é a segunda opção. O projeto, porém, prevê que a mãe poderá declarar sozinha quem é o pai, independentemente de comprovação por teste de DNA.
Para entender um pouco melhor a medida a reportagem do JT conversou com o Oficial de Registros do Cartório de Boa Vista do Buricá Marcos Salomão, confira:
JT - O que o senhor pensa a respeito deste projeto de lei?
Salomão - O projeto é perigoso, pois poderá imputar a paternidade a qualquer homem, bastando a declaração da mãe. Existem outras formas, hoje, de fazer isso.
JT – Atualmente como funciona o registro de nascimento?
Salomão - Se casados há mais de 180 dias, pode tanto o pai como a mãe comparecer ao cartório e registrar o filho em nome dos dois. Se casados com tempo menor que isso, devem comparecer os dois para registrar o filho. Se não são casados, comparecem também os dois para registrar o filho.
JT - E se a mãe comparecer sozinha?
Salomão - Se a mãe comparece sozinha e o pai não quer registrar seu filho, poderá a mãe indicar o nome do suposto pai e o cartório encaminhará um ofício ao juiz de Direito diretor foro com o nome dele para averiguação junto com o Ministério Público.
JT - Se a mãe não quer dizer o nome do pai?
Salomão - Neste caso o cartório deve recolher uma declaração da mãe que não quer indicar o nome do pai.
JT - Se o pai for desconhecido?
Salomão - O filho ficará somente em nome da mãe até que um dia ela indique no cartório o nome do suposto pai para averiguação junto ao foro.
JT – No caso do pai querer reconhecer um filho, qual o procedimento?
Salomão - Pode comparecer a qualquer cartório de Registro Civil e reconhecer ou procurar um tabelionato de notas e realizar uma escritura pública de reconhecimento de filho. Se a mãe assinar junto é inserido logo o nome do pai no registro. Caso a mãe não concorde será o processo encaminhado ao promotor de justiça.
JT – Há algum custo para reconhecer um filho no Cartório de Registro Civil?
Salomão - É ato gratuito. Não tem custos.

Pastora Carla Bersch: A liberdade que Jesus nos dá

“Cristo nos libertou para que nós sejamos realmente livres. Por isso, continuem firmes como pessoas livres e não se tornem escravos novamente.” Gálatas 5.1
Estamos no mês de outubro. Para tanto, acredito que o assunto da LIBERDADE CRISTÃ precisa ganhar espaço neste mês de outubro quando comemoramos o aniversário da Reforma Luterana. Isso porque este assunto é um dos maiores tesouros descobertos por Martin Lutero e do qual podemos usufruir. Na verdade, a Liberdade Cristã começou a ser experimentada quando Lutero foi um corajoso instrumento nas mãos de Deus para libertar o próprio Evangelho que havia sido aprisionado ao longo da Idade Média. As pessoas chegaram a ser proibidas de ler a Bíblia e a grande maioria delas nem se quer, tinha acesso a uma Bíblia. Lutero chegou a escrever um pequeno livro (Da Liberdade Cristã) para externar suas ideias sobre o assunto. Uma das principais teses deste livro diz o seguinte: “Um cristão é senhor livre sobre todas as coisas e não está sujeito a ninguém. Um cristão é servidor de todas as coisas e sujeito a todos.” O que Lutero quis dizer com estas frases aparentemente contraditórias? Simples! Que uma das primeiras bênçãos de quem decide seguir a Cristo é experimentar a libertação de todas as coisas. Por outro lado, assim que o cristão se torna livre disso tudo, passa a ser servo de Cristo e também servo dos outros em gratidão a Deus e por amor ao próximo.
Mas, na prática, em nossos dias, qual a importância desta redescoberta de Lutero acerca da liberdade e ensinada pelo Apóstolo Paulo? Também hoje é possível experimentar a libertação destas “coisas” através de Cristo. O poder de Jesus continua o mesmo. Na medida em que as pessoas vão ao encontro de Cristo e aceitam o seu Evangelho ele as liberta completamente. A libertação geralmente é instantânea, perceptível e visível. O resultado desta liberdade é alegria e gratidão que são transformados em desejo de “fazer algo por Cristo e pelo próximo”. A segunda frase de Paulo em Galatas 5.1 é igualmente importante. Ele pede aos cristãos da Galácia que permaneçam na liberdade proporcionada por Cristo e que não voltem novamente para a escravidão. Também isso não é difícil de perceber em nossos dias. Constantemente me deparo com cristãos que medem seu “grau de espiritualidade” pelo constante desejo de controlar a vida dos outros através de “admoestações” e “exortações” sem fim, achando que, por estas exigências legalistas estão ajudando os mais novos na caminhada de fé. Não, não estão ajudando, estão sim é impondo “pesados fardos” como já faziam os fariseus na época de Jesus. E isto é voltar à escravidão. Deus nos ajude a viver com alegria esta liberdade de Cristo, não é mesmo?

Um abraço!
Pastora Carla Tais K. Bersch

Assembleia aprova projeto de lei que proíbe frisagem de pneus no RS

A Assembleia aprovou na terça-feira, o projeto de lei que proíbe a frisagem de pneus no Rio Grande do Sul. De autoria do deputado Ernani Polo (PP), a proposta também veta a comercialização deste tipo de produto e impõe uma multa de R$ 6,7 mil em caso descumprimento da medida.
Diferente da recapagem, a prática consiste em refazer os sulcos de pneus carecas, que passam a ter aparência de novos.
O esquema foi revelado em dezembro de 2012 pelo “Fantástico”, em reportagem produzida pela RBS TV.  Além de flagrar a “maquiagem” de pneus em várias borracharias do estado, a reportagem mostrou também que até acidentes foram causados por causa da frisagem.
Fonte: G1

ENEM será neste final de semana

Vanessa Massmann 

Neste final de semana, 7.173.574 milhões brasileiros irão fazer as provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Um grande esquema de logística foi montado para o transporte e a aplicação das provas em 1.161 municípios espalhados pelo país. Os candidatos farão o teste em 15 mil salas de aula e 660 mil pessoas vão trabalhar no dia do exame. Este ano, os cerca de 63 mil malotes de provas terão cadeado eletrônico com GPS para garantir a segurança.
Do total de inscritos, a maioria já concluiu o ensino médio (4.052.038) e está na faixa etária de 21 a 30 anos (2.181.084). As mulheres representam 58,5% do total. Esses candidatos vão poder usar a nota do exame para concorrer a vagas de ensino superior em uma das 21 universidades federais, quatro estaduais e 29 institutos federais que adotam o Sisu (Sistema de Seleção Unificada).
A aplicação do Enem envolve um longo período de preparo e prevê atendimento específico para quem tem deficiência, gestante, idoso e até mesmo para pessoas que estão em hospitais. O número de pessoas que solicitou atendimento diferenciado ou específico ao fazer a inscrição foi 162.179.
Dicas
A Professora de Língua Portuguesa, Roseli da Rosa Vianna, dá algumas dicas para quem vai fazer o Exame, veja:
1º - Jamais deixe a redação por último, dedique pelo menos 60 minutos para o texto;
2º - O ENEM pede conhecimentos gerais que qualquer pessoa ao fim do ensino médio tem, então não se preocupe, respire fundo e analise bem cada questão, você já ouviu falar disso em algum lugar;
3º - A nota do texto é 1000, igual qualquer outra área, portanto dê bastante atenção a ele;
4º - Confie no seu potencial, quem estudou, se preparou, não tem porque ficar nervoso, você sabe, basta colocar em prática;
5º - Cuide-se no dia anterior a prova, ninguém consegue fazer algo bem se está com sono e cansado. Corpo e mente precisam estar em forma pra tudo dar certo;
6º - Agora chegou a hora, organize-se no dia anterior com tudo o que você precisa levar, levante cedo, respire fundo e confie em você que é capa
z, e Boa Sorte.

EMATER/RS-ASCAR orienta produtores no controle biológico das lagartas do milho

A EMATER/RS-ASCAR está realizando uma campanha que tem por objetivo disponibilizar armadilhas para o monitoramento e o controle de lagartas que afetam as lavouras de milho. O controle das lagartas será feito através da distribuição de vespas na lavoura de milho atacada pelas lagartas. Esta vespa vai parasitar o ovo de outros insetos e por isso é muito eficiente para controle biológico.
A idéia é minimizar o uso de inseticidas para proteger o meio ambiente e a saúde do produtor.
Eficiente também em lavouras de milho Bt (Bacillus thuringiensis), com objetivo de diminuir a população de lagartas sobreviventes e evitar o surgimento de insetos resistentes.
A grande preocupação no momento é o desenvolvimento de populações de lagartas resistentes a produtos químicos, que já é verificado em algumas lavouras da região. Além disso, está ocorrendo uma diminuição da diversidade de agentes de controle biológico, em conseqüência do mau uso dos agrotóxicos. Portanto, é fundamental os agricultores pensarem em adotar um manejo integrado, principalmente para restabelecer o equilíbrio ecológico dentro do sistema de produção.
A EMATER/RS-ASCAR, vai proporcionar a encomenda e distribuição de cartelas, contendo os ovos das vespas, que são os agentes do controle biológico, além de acompanhar as propriedades onde o sistema de controle for implantado.
O agricultor que constatar a presença de alguma espécie de lagarta na cultura do milho poderá procurar o escritório municipal da Emater de Nova Candelária, onde o produtor receberá orientação sobre aquisição e aplicação da vespa Trichogramma para o controle biológico da lagarta do milho.

Colunista Guilherme Anderson Sturm: Nada menos que satisfação é aceitável!

Agradeço imensamente os elogios que recebi nestes dias que se passaram desde a última edição, isso tem me motivado e feito com que eu me reinvente a cada novo texto, pois meu compromisso é o seu encantamento, nada menos que isso! E este é o tema que escolhi para a edição deste mês. Penso que recentemente o que era tido como um sonho de consumo para as empresas, a satisfação do cliente, está se tornando uma verdadeira obrigação para nós empresários. Nosso cliente de hoje está se tornando cada vez melhor informado, e com isso seu padrão de exigência cresce rapidamente. O “esperado” já não é mais negociável.
Há dias atrás um amigo publicou em seu perfil em uma rede social que encomendou uma pizza em Santa Rosa num sábado as 19:00 horas, a qual foi entregue em sua residência apenas por volta das 22:00! Por suas próprias palavras, “o mínimo que se esperava em uma situação como essa era não pagar nada”. Mas isto não aconteceu, e além de ter que pagar, ao ligar para reclamar  do serviço à pizzaria, o próprio dono “tentou” se justificar dizendo: “ah, você precisa compreender que aos sábados há muito movimento e a demora é natural”. E aí eu me pergunto: será mesmo que este cliente realmente “precisa entender” isso?
Sinceramente eu mesmo não entenderia, pois por mais que o produto em si seja excelente, o que aconteceu não é justificável tampouco negociável. Se nosso serviço foi ineficiente, nós empresários não podemos terceirizar nossa culpa ao cliente, precisamos evoluir com o erro e buscar reparar a má experiência vivida, para que algum dia, “quem sabe”, este cliente volte prestigiar nosso negócio. A mera satisfação do cliente já não é mais um diferencial, é o esperado! Para encontrarmos “dinheiro novo” em nosso negócio, nos diferenciar no mercado em que atuamos, além de satisfazer, precisamos encantar!
Ouvi um relato há cerca de um mês atrás de um executivo amigo meu, que em uma de suas viagens com sua família, durante o almoço em um hotel fez o seguinte comentário com sua esposa: “aposto que somente teremos sobremesas a base de leite...” Disse isso por ser intolerante a lactose. Pois “dito e feito”, ao aproximar-se das sobremesas, lá estavam o pudim de leite, o sorvete, e as demais sobremesas, todas elas com a presença do leite.
Porém, perto da mesa estava o cheff do restaurante, que ouviu tudo atentamente, e educadamente se dirigiu até a mesa do casal e disse: “Com licença, percebi que o senhor tem problemas com derivados de leite. Por um acaso o senhor jantará em nosso hotel esta noite?” Com a resposta afirmativa, o solícito cheff lhe diz: “Então não se preocupe, prepararei uma sobremesa especialmente para o senhor.” Conforme o prometido, após o jantar, pode provar uma mousse de chocolate feita especialmente para ele, a base de leite de soja, que segundo o próprio foi a melhor sobremesa que provou em toda sua vida.
Dias após o retorno da viagem, olhem o que acontece a este amigo: ao ouvir a campainha tocar, recebe na porta de sua casa uma caixinha do hotel, e no seu interior estavam uma pequena porção da mousse de chocolate, a sua receita e uma cartinha em seu nome, escrita de próprio punho e assinada pelo cheff dizendo: Querido Senhor, foi um imenso prazer tê-lo em nosso hotel. Fique tranquilo, pois da próxima vez que o senhor se hospedar conosco, a sobremesa que o senhor tanto gostou estará lhe esperando!
Fico completamente arrepiado cada vez que lembro desta história! O cliente que já estava plenamente satisfeito, ficou completamente encantado, apaixonado pela atenção recebida. Pergunto a você: será que tudo isto custou “algo a mais” para o cliente? Por mais incrível que possa parecer, absolutamente nada!
Mas você deve estar pensando: “Guilherme, para um hotel é fácil fazer essas coisas, mas e eu que tenho uma construtora, o que posso fazer?” É, realmente, mandar doces para quem acaba de construir uma casa quem sabe não seja a melhor escolha, mas “aquele capricho especial” no acabamento, sem cheiro de tinta, flores no jardim, uma fita vermelha na porta ou o estouro de uma champagne no dia da entrega das chaves, quem sabe possa encantar profundamente aquela pessoa que vê à sua frente não uma simples casa, mas sim um sonho realizado!
Um cliente satisfeito talvez elogie ou até indique seu produto ou serviço para uma ou duas pessoas. Já um cliente encantado não se detém apenas aos elogios, ele se torna um vendedor de seu produto ou serviço, um advogado de sua marca, e o resultado disso é surpreendente! Duvida!? Caso você se sinta tentado a experimentar o poder do encantamento com seus clientes, mas ainda não sabe muito bem por onde começar, conte comigo para te ajudar!

Muita alegria e descontração na semana da criança na EMEF São José

Nos dias 07 a 11 de outubro a Escola Municipal de Ensino Fundamental São José comemorou a Semana da Criança, realizando diversas atividades para homenageá-las. Foram realizadas atividades como gincana recreativa, com muitas brincadeiras e jogos, passeio de dindinho, o dia do Sorvete;  piquenique na AABB, cinema na escola, onde assistiram um filme muito divertido, acompanhado de pipoca,  pintura no rosto, dia da fantasia em que cada criança foi convidada a vir fantasiada e uma animada festinha com lanche muito especial.
A equipe da escola parabeniza a todas as crianças pela passagem do seu dia e agradece a todos que colaboraram e se envolveram na diversão das crianças durante esta semana. Segue abaixo alguns clicks:



Atividades do mês de outubro na Escola Padre Schlosser

Semana da Criança: “Só é possível ensinar uma criança a amar, amando-a.”
Os alunos de 1ª a 4ª séries da Escola Padre Schlosser comemoraram a semana da criança com atividades diversificadas.
2ª feira: Cinema em Três Passos; 3ª feira: Integração com a Escola Santo Humberto de Caçador, com atividades orientadas no campo de futebol da localidade; 4ª feira: Passeio de dindinho; 5ª feira: Jogos com premiações, lanche diferenciado, pinturas de rosto.
Dia do Professor: “Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.” Paulo Freire
Os professores foram homenageados pelos alunos e presenteados com um café colonial.
Viagem de estudos a Panambi e Ruínas de São Miguel: Os alunos de 5ª a 8ª séries participaram de uma viagem de estudos no dia 18/10, onde conheceram o acervo do Museu Militar Brasileiro, que possui mais de 100 viaturas entre carros de combate, veículos de transporte de tropas, viaturas de socorro, jeeps e aeronaves. Dentre estes se destaca uma aeronave Boeing 737-300 de uso civil, onde funciona uma sala de cinema, museu e biblioteca.
Após realizou-se visitas a Catedral em Santo Ângelo, Caaró e Ruínas de São Miguel.

Prefeitura de Nova Candelária terá Concurso Público

A Prefeitura Municipal de Nova Candelária, Rio Grande do Sul, informa à todos por meio de publicação do Extrato do Edital nº 155/2013, que irá realizar Concurso Público, a fim de prover vagas e formar cadastro reserva de profissionais em diversos cargos.
São disponibilizadas oportunidades para as funções de Agente Administrativo, Atendente de Creche II, Médico II, Motorista, Nutricionista II, Pedreiro, Procurador Jurídico, Psicólogo II, Técnico em Edificações e Professor de Séries Iniciais, Agente Comunitário de Saúde, Controlador Interno, Engenheiro Civil II, Farmacêutico, Monitor de Escola, Operador de Máquinas, Operário, Professor de Educação Infantil, Professor de Séries Finais: Geografia, Educação Física e Artes Visuais.
Para participar da seleção basta que os profissionais se inscrevam entre os dias 23 de outubro de 2013 a 10 de novembro de 2013, por meio de preenchimento da ficha disponível no site www.unijui.edu.br.
O certame irá selecionar os profissionais por meio de aplicação de Provas Objetiva, de Títulos, Prática Discursiva para o cargo de Procurador Jurídico e Prática para as funções de Motorista, Operador de Máquinas e Pedreiro. A prova objetiva que será aplicada para todos os candidatos deve ser realizada na data provável de 1º de dezembro de 2013, em dois turnos. 
Mais informações sobre a quantidade exata de vagas, requisitos, valor da taxa de inscrição, jornada de trabalho, e remuneração estarão dispostas no edital completo.

Colunista Marcos Salomão: Sobre testes em animais...

O assunto é polêmico. Testar ou não produtos químicos em animais? Estaria a ciência acima de tudo? Estaria correto aprisionar cães para submetê-los a testes químicos, avaliando seus resultados, na busca do produto perfeito que possa ser vendido a humanos?
A notícia da semana foi a invasão de um laboratório em São Paulo por um grupo de ativistas que libertaram 200 cães da raça Beagle que eram submetidos a testes químicos. Eram cobaias da ciência...
O Beagle é um cão dócil, extremamente social, que existe na maioria dos países do mundo e por isso serve de padrão para testes. Imagine um colírio que está sendo testado. Você pinga uma gotinha no olho do bichinho e surge uma terrível irritação. Bom, não deu certo. Vamos testar outro produto. Depois o medicamento, para ser vendido em um outro país, precisa demonstrar como foi testado. Daí entra o Beagle, que é um padrão. Para quem não lembra da raça, é aquela do desenho Snoopy !
A questão é: como seria o mercado de produtos se não existissem os testes?
E a grande dúvida é: No mundo moderno, ainda precisamos testar produtos em cães cobaias?
Alguns defensores dos testes alertam que se não fossem realizados os testes em animais, não existiria o progresso e o desenvolvimento das pesquisas. É somente testando que se aprimora a pesquisa. Fica difícil imaginar um resultado se você não testar um produto. Por isso laboratórios, como este que foi invadido em São Paulo, realizam atividades normais em nome do progresso e da ciência. Provavelmente se você tem um cãozinho em casa, e já aplicou algum remédio, é porque ele já foi testado em algum outro cão. E muito provavelmente você está comprando hoje o produto final. Vários testes foram realizados e muitos frustrados, antes de se chagar a dose ideal, que agora é vendida. Alguém serviu de cobaia para que o seu cãozinho tivesse hoje acesso a um medicamento.
Mas os defensores do animais, os amantes da natureza pensam diferente. Aprisionar cães sadios, que poderiam ter um lar e uma família, para submetê-los a testes dolorosos e alguns inclusive fatais, é um absurdo !
Que culpa tem o animal que o homem quer desenvolver um medicamento para colocá-lo a venda e logicamente faturar com isso ?
Seriam necessários, realmente, os testes com animais, como os Beagles, para se aperfeiçoar as pesquisas ou existiriam outros métodos, porém mais caros, e com isso se baixaria a margem de lucro do fabricante de medicamentos?
Talvez a ciência deva repensar no método atual e estudar a possibilidade de testes em células e tecidos cultivados em laboratório conforme afirmam alguns defensores dos animais. Quem sabe o método de utilizar animais vivos e sadios já esteja ultrapassado. Ah, mas quem vai dizer que este método está ultrapassado, se não houver um estouro na mídia com um grupo de ativistas invadindo um laboratório e libertando cãezinhos indefesos..(?)
As vezes são necessárias medidas mais drásticas, para se mudar o modo de pensar de um determinado grupo. Nem sempre apenas o diálogo e troca de memorandos resolve algo que já está solidificado.
Certamente, depois de toda esta ação, algo deverá mudar. Que mude para melhor. E que poupem os cãezinhos, afinal são eles ou não, fieis amigos e companheiros de quem os adota?
Não teria Deus criado o cão para ser um amigo do homem (?) e por isso a sua confiança cega em quem lhe dá comida e amor...

EMEI SÃO JOSÉ: Aprendendo a comer como gente grande



Na semana da alimentação comemorada de 14 a 20 de outubro os alunos do Jardim “B” da EMEI São José, turno manhã, participaram do projeto “Aprendendo a comer como gente grande”.
O objetivo do projeto é ensinar os pequenos a servir seu próprio alimento de acordo com suas preferências alimentares. Em um biffet improvisado montado especialmente para eles, os pratos foram recheados de alimentos saudáveis e coloridos. Na oportunidade as crianças foram incentivadas a comer usando o garfo e a faca, enfatizando a importância da autonomia individual.

Para as responsáveis pelo projeto é importante que a adoção de hábitos saudáveis e nutritivos na infância seja uma opção dos pequenos e não uma obrigação, pois todos tem preferências alimentares individuais e estas devem ser respeitadas.


O sucesso da atividade pode ser observado nos rostinhos satisfeitos e felizes. De acordo com as professoras responsáveis pela turma muitos alunos começaram a comer melhor depois do projeto. Alguns que não consumiam determinados alimentos passaram a fazê-lo e outros que mal tocavam na comida hoje repetem o prato.
Servir e comer sozinho também se aprende na escola. Ciente disso, e diante dos resultados da atividade a direção em parceria com o setor de nutrição está avaliando a possibilidade de estender a ação também para as turmas do Jardim “A”.  





Tribunal de Justiça mantém Salomão à frente do Cartório de Crissiumal

A 3a. Câmara do Tribunal de Justiça gaúcho negou na semana passada dois pedidos de liminares contra o registrador público Marcos Salomão de Boa Vista do Buricá.
Os pedidos tentavam tirar Salomão do Cartório de Crissiumal, onde ele já atuou como interventor à pedido do Poder Judiciário e está novamente atuando desde agosto deste ano.
Um dos pedidos foi realizado por uma ex-funcionária que alega ter direitos sobre o cartório, e o outro pedido foi realizado pelo cartorário de Humaitá que alega ser o mais antigo da Comarca e, portanto, com direitos sobre o cartório.
Ao analisar os pedidos, o desembargador Leonel Pires Ohlweiler resolveu manter Salomão à frente do Cartório de Crissiumal como já havia sido decidido pelo juiz Adriano Parollo, Diretor do Foro da Comarca.
O desembargador Leonel negou os pedidos justificando que deve-se preservar a manutenção da administração da serventia em prol da funcionalidade dos serviços.
Salomão é concursado desde 1997 no estado, e é titular do Cartório de Boa Vista do Buricá. Por duas vezes o Poder Judiciário já solicitou seus serviços para atuar como Interventor em cartórios que apresentavam irregularidades na região.

Eito do pequeno Agricultor: A força do pequeno agricultor

No mundo marcadamente capitalista, as sociedades, sob a ótica econômica, constituem-se de agricultura, indústria, comércio serviços... Na agricultura há divisões e subdivisões ou setores. Um dos setores mais significativos é a pequena unidade agrícola de mão-de-obra familiar. Este setor é conhecido por pequenos agricultores. E, pode não parecer, mas é exatamente com esses pequenos que resulta o maior volume de riqueza. São eles os produtores da riqueza quem mantém a vida sobre a terra.
Humberto Zanata e Ribamar Machado compuseram uma música que é muito ilustrativa. O título é Lições da terra. Apresentamos a letra para mostrar o quanto o pequeno agricultor efetivamente significa em nossa sociedade e sua cultura.
Por esta verga rotineira em que caminhas, / como boi manso ponteando a lavração, / vira e revira no silêncio do arado / a nova terra para outra plantação.
Neste teu rosto existem rugas que são vergas. / E pelas veias do teu corpo correm rios. / Os grossos dedos de tuas mãos são como adagas / cortando a terra e as tranqueiras com seus fios.
Pequeno agricultor, tu és o grande / plantador da nova roça que sonhamos. Do calo de tuas mãos há de brotar / o frutoda justiça que buscamos.
Tem muita gente que é mais árida que a terra / quando te explora, te expulsa e te maltrata. / A terra bruta, como homem não se entrega / e vai um dia se vingar de quem a mata.
Quanto se aprende olhando claro em nossa volta! / Semente frágil se transforma em linda fruta / neste entrevero de homens, plantas e de bichos / brota a certeza de que a vida é sempre luta.
Como vemos, pela letra da canção, o pequeno agricultor não é produtor apenas de alimentos. É produtor de nova sociedade. De novo jeito de viver. De justiça que buscamos.
Ser pequeno agricultor é ser plantador, cultivador e animador de vida. Vida plena. Vida cheia de sentido. Vida bem vivida.
Esta vida bem vivida é fruto de muita luta. É a vida do pequeno agricultor. Vida recheada de luta, de busca, de cultivo...
O pequeno agricultor, além de ser semeador de vida, é cultivador dessa vida.
Nossos eitos de pequenos agricultores estão floridos, estão cheios de frutos, resultados da semente lançada e cultivada. Nossas sociedades dever-se iam parecer mais com os eitos dos pequenos agricultores. Haveria mais vida!
Nestor Eckert – nestor.eckert@esic.br

Seminário Integrador do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

No dia 11 de outubro na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá, foi realizada uma reunião com as coordenadoras Angela Horbach (Boa Vista do Buricá) e Leila Wolfart da Cruz (Nova Candelária) e as orientadoras Sandra Diell Gräf (Boa Vista do Buricá) e Sara Barcelos (Nova Candelária), para organizarem juntas a programação do Seminário Integrador do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa.
Confira a programação:
Data: 8 de novembro;
Horário: 20 horas;
Local: Centro Multiuso de Nova Candelária;
Público Alvo: Pais dos alunos de 1ª à 3ª séries, Professores Alfabetizadores das respectivas séries e equipes Diretivas das Escolas;
Pauta: Abertura; Momento Cultural; Entrega dos certificados da primeira etapa de formação aos Professores Alfabetizadores; Apresentação dos Projetos de Trabalho pelas Professoras; Intervenção com a Profª Débora Ortiz Leão.
Encerramento: 23 horas.
Data: 9 de novembro;
Horário: 8 h30 min;
Local: Centro Multiuso de Nova Candelária;
Público Alvo: Pais dos Alunos do Programa Pacto, Professores da Educação Infantil ao Ensino Fundamental;
Pauta: Abertura; Momento Cultural; Palestra: Alfabetização, Letramento e Avaliação, com a Profª Débora Ortiz Leão. - 10 horas: Lanche.
-10h15min: Reinício dos Trabalhos.
- 11h30min: Encerramento da Palestra.
-12 horas: Almoço festivo de Encerramento do Seminário e Etapa de Formação do PACTO.
Fonte: Assessoria de Imprensa

Joãozinho Sehnem é empossado novo Presidente do PMDB de Boa Vista do Buricá

O político (atualmente suplente a vereador), matemático e Servidor Público João Rudinei Sehnem, foi empossado oficialmente como o novo Presidente do Diretório Municipal do PMDB em Cerimônia realizada na manhã do dia 19 de outubro na Câmara Municipal de Vereadores de Boa Vista do Buricá.
Compareceram ao evento lideranças políticas, empresários e membros da sociedade, além de amigos e familiares.
Joãozinho Sehnem mostrou-se motivado com o apoio do Partido. “Estou muito feliz por receber total apoio e carinho neste evento tão importante para o PMDB. E caberá a nós militantes, em cada município, a missão muito importante e especial que é a mobilização para a condução das eleições para 2014, nas candidaturas para Governador, Senador e Deputados”.
A escolha de Joãozinho Sehnem para a gestão 2013/2015 foi realizada de forma consensual pelos membros do Diretório Municipal, e confirmado através dos votos dos filiados.

STR de Humaitá completa 51 anos de fundação

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Humaitá completou 51 anos de fundação na segunda-feira.
Para comemorar a data foi servido um coquetel com produtos da agricultura familiar. Também foi vendida uma rifa ao valor de um real, onde os participantes concorreram a prêmios.
 Durante o evento, que aconteceu na sede do sindicato, durante todo o dia foi  explanada a importância da agricultura familiar e sua estrutura.
 O STR de Humaitá tem 637 associados, uma diretoria com 18 membros e duas funcionárias que realizam atividades na sede da entidade.
 Fonte: Rádio Alto Uruguai

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Público e integração marcam sucesso dos Jogos Sol a Sol em Nova Candelária

Mais de 700 pessoas participaram da fase municipal dos Jogos Rurais Sol a Sol, em Nova Candelária. O evento, realizado na comunidade de São Miguel do Reúno, ocorreu no sábado (12/10).
Participaram das diversas modalidades esportivas, divididos nas categorias escolares e agricultores, em torno de 510 atletas.  Os escolares das séries finais integraram-se nas modalidades de futsal masculino e feminino, divididos por faixas etárias. Já os estudantes das séries iniciais participaram de gincana. Além disso, as crianças puderam usufruir dos brinquedos do Sesc, que ficaram à disposição para a diversão durante o evento.
Os agricultores confraternizaram em jogos de canastra, bolãozinho, bocha, tiro 48, chute no pneu, corte de lenha, debulha de milho, futsal masculino e feminino, entre outros.
Um dos destaques dos Jogos Rurais Sol a Sol foi o desfile de escolha da Garota e Garoto Sol a Sol e do Homem e da Mulher Terceira Idade. Foi escolhida como  Garota Sol a Sol a jovem Camila Werle, representante do Penharol. Já Jardel Scheid, da comunidade de Duas Esquinas, recebeu o título de Garoto Sol a Sol.  Foi indicada como Mulher Terceira Idade, a Sra Nilza Back, e como o Homem da Terceira Idade, o Sr. Alfredo Gerlach.
Segundo o extensioniosta rural da Emater/RS-Ascar, Elir Paulo Pasquetti, a comissão organizadora avalia que os jogos foram um sucesso. “Agradecemos a todos que colaboraram para o êxito dos jogos, em especial à Administração Municipal, às equipes de trabalho e a comunidade de São Miguel do Reúno. A união de esforços é muito importante para o sucesso do evento”, enfatizou.
O evento é uma promoção da Emater/RS-Ascar, em conjunto com a Prefeitura de Nova Candelária, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Escolas e a comunidade de São Miguel do Reúno.

Lançado o Concurso Musa da Várzea 2013 em Boa Vista do Buricá

Assessoria de Imprensa

Segundo informações da Diretora de Esportes Mônica Simon, foi lançado o concurso “Musa da Várzea 2013” que irá envolver representantes dos times que estão competindo na Taça Boa Vista de Várzea.
O objetivo deste concurso é homenagear a mulher no esporte e engrandecer ainda mais o campeonato.
As candidatas deverão ter entre 15 e 25 anos de idade e serão indicadas pelas equipes. Quem tiver interesse em concorrer deverá entrar em contato com o representante da equipe que deseja representar e se candidatar. As inscrições irão até o dia 25 de outubro.
Maiores informações no Departamento de Esportes ou Secretaria de Educação e Cultura.

Boa Vista do Buricá adere ao Outubro Rosa

Vanderlei Holz Lermen

O ano de 2012 registrou crescimento de 37% na realização de mamografias na faixa prioritária – de 50 a 69 anos – em comparação com 2010, no Sistema Único de Saúde (SUS). Os procedimentos somaram 2,1 milhões no ano passado, contra 1,5 milhões em 2010. Se incluídas todas as faixas etárias, o número de exames realizados no último ano atingiu a marca de 4,4 milhões, representando um crescimento de 26% em relação a 2010.
Para estimular a detecção precoce do câncer de mama, o Ministério da Saúde dá início à campanha para conscientização das mulheres sobre o tema, reforçando as ações do movimento Outubro Rosa.
O movimento popular Outubro Rosa é internacional. Em qualquer lugar do mundo, a iluminação rosa é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina.
A campanha Outubro Rosa que é uma prevenção contra o câncer de mama, doença que cada vez mais há a incidência de casos. No último ano no município de Boa Vista do Buricá foram realizados 360 exames.
A Secretaria Municipal de Saúde está participando do movimento Outubro Rosa. Na unidade de saúde Sede em horário especial nas quartas-feiras, depois das 18 horas, onde estão sendo realizadas as coletas para o exame preventivo e orientação sobre como fazer o auto-exame das mamas. Este horário se deve ao fato de muitas mulheres não terem disponibilidade para participar em horário comercial, ou seja no horário habitual que é realizado nas unidades de saúde, facilitando assim o acesso a estes exames. No dia 26 de outubro, as 14h30min haverá uma palestra com a Dr. Rosa, que abordará o assunto. O local ainda não foi definido.
Marieli explica que a participação das mulheres está sendo grande. “Houve grande participação, em função do horário diferenciado. Estamos fazendo 25 exames preventivos, juntamente com a orientação sobre o exame da mama, todas as quartas, fora o horário normal de atendimento. Pela grande procura, estamos estudando em ter mais algum horário especial”.
Segundo a enfermeira, o Ministério da Saúde preconiza que, desde que a mulher tenha a sua primeira relação sexual, que faça a coleta de exame preventivo. “A margem de idade é de 18 a 55 anos  e a coleta deve ser feita anualmente. Há mulheres com 70 anos que ainda realizam os exames. O autoexame da mama deve ser feito mensalmente e anualmente deve ser verificado por um profissional da saúde”.
Tarcila Veit, Secretária Municipal da Saúde do Município faz um convite especial a todas as mulheres para participarem da programação do Outubro Rosa. “É uma campanha que visa a prevenção. As mulheres tem a oportunidade de realizar o seu preventivo de colo de útero e também o exame de mama, que acontece todas as quartas feiras na unidade básica de saúde, com exames preventivos, palestras e orientação. Sabemos que sempre é mais importante prevenir do que remediar. Quando o problema é detectado no início, através de exames, o tratamento  é mais fácil, e há grande probabilidade de cura. Esse é o objetivo do movimento Outubro Rosa, que visa principalmente a prevenção”.

Motoniveladoras do PAC 2 serão entregues no dia 25 em Boa Vista do Buricá

A entrega das motoniveladoras previstas pelo PAC 2 será realizada no dia 25 de outubro na cidade de Boa Vista do Buricá. Nesta solenidade serão beneficiadas as cidades de Nova Candelária, Três de Maio e Boa Vista do Buricá. Também estarão presentes na cerimônia diversas autoridades dos executivos e legislativos a nível estadual e federal. A solenidade será realizada às 14h30min, ao lado do ginásio da Paróquia São José, em frente à Prefeitura Municipal. Duas motoniveladoras já se encontram em Boa Vista do Buricá e aguarda-se a vinda de mais uma até o dia da solenidade de entrega. Esta ação do PAC 2, que entrega máquinas aos municípios, tem por objetivo fazer a manutenção das estradas vicinais para melhorar a vida do homem do campo bem como qualificar o transporte da sua produção e insumos usados nas propriedades. Fonte: Assessoria de Imprensa

Uma vida dedicada ao ensino

Vanderlei Holz Lermen

A arte de ensinar muitas vezes não é
uma tarefa fácil, mas para quem o faz com entusiasmo, é um momento agradável. O educador precisa encontrar uma forma de cativar os estudantes, ser um elo entre o aluno e o conhecimento.
Essa paixão pelo ensinar move o professor de Matemática Darci Martini, de 66 anos de idade e 47 anos dedicados à educação. Foram milhares de estudantes que passaram pelas suas aulas. Martini deixou as salas de aula em dezembro do ano passado, por incompatibilidade de horários, pois dedica-se também à administração financeira da Escola Estadual de Educação Básica Barão do Rio Branco, onde atuou nos últimos 40 anos.
Confira a entrevista com o professor, falando sobre a profissão.
JT - O que o motivou para escolher ser professor?
Professor Martini - O ideal de trabalhar pelos outros, o convívio com jovens e com as famílias. Foi isso que mais me motivou.
JT – Como foi o seu início de carreira?
Professor Martini - Iniciei em 1966 no ensino fundamental, trabalhando somente com crianças. Mais tarde iniciei no ensino médio e no ginásio. Em sala de aula sempre tenho me realizado. Em 1984 tive que optar entre o Banco do Brasil, depois de ter passado no concurso, ou a escola. Pensei muito e acabei continuando como professor. Minha primeira escola foi a Escola Fernando Borba de Linha Almeida, onde fiquei 7 anos. Após isso passei para o Estado, antes estava na escola municipal.
JT - O senhor tem noção de quantos alunos passaram pelas suas aulas?
Professor Martini - Foram milhares de alunos. O que mais importa não é a quantidade, e sim hoje reencontrar antigos alunos, realizados na vida, alunos que hoje tem seus quarenta e poucos anos. Embora nem sempre a gente reconhece todos, pois são tantos. Mas vale o registro e o reencontro com antigos alunos.
JT – O senhor deixou as salas de aula no final do ano passado. Qual foi o motivo?
Professor Martini – Administro também a parte financeira da escola, e isso requer muitas horas de trabalho. Eu em 2012 ainda tinha 2 turmas em sala de aula e as finanças. A escola teve que assumir além das prestações normais, a merenda escolar, cursos, Jergs. Em vista disso foi preciso um tempo maior de dedicação.
JT – Está fazendo falta o contato com os alunos em sala de aula?
Professor Martini - Realmente já esta fazendo falta a sala de aula, principalmente o terceiro ano do ensino médio, que são jovens com mais “sede de aprender”, se dedicam realmente e sabem o que querem.
JT – Houve mudança na forma de lecionar, com o passar dos anos?
Professor Martini - Os conteúdos são praticamente os mesmos, o que mudou foi a didática, sistemática.  E o que preocupa é que após cada mudança de governo, muda também o projeto de educação. Nos últimos tempos não tem havido uma continuidade nos projetos.
JT – E as novas tecnologias? 
Professor Martini - Toda a tecnologia é bem vinda, desde que usada com critérios.  É importante o aluno saber ser criativo, desenvolver o raciocínio que muitas vezes só a tecnologia não fornece. Realmente se conseguir conciliar a tecnologia com a criatividade, raciocínio e pesquisa, o aluno vai continuar se dando bem.
JT – Um recado para os jovens que pensam em seguir a profissão de professor?
Professor Martini - Se alguém pensar financeiramente, talvez não opte pelo magistério, mas o dinheiro não é tudo na vida. O que é importante realmente é gostar de pessoas, se entrosar com crianças e jovens. A sala de aula é uma escolha para quem se sente realizado trabalhando com crianças e jovens.

Thiago D'avila: Queridos Mestres!

Nesta semana de homenagens aos queridos professores, fiquei refletindo o que escrever para pessoas tão especiais, profissionais que marcaram e marcam nossas vidas para sempre, que deixam, talvez, a maior lição de amor e dedicação. Muitas vezes assumem papel de Pai, Mãe, Conselheiro, Amigo, Orientador e ainda transmitem conhecimentos valiosos para toda nossa vida. Essas pessoas especiais são nossos professores e professoras. Ensinam-nos que o mundo é grande, que tudo tem sua razão, que sabendo as letras, sabemos ler e escrever, sabendo os números sabe-se calcular, conhecendo os animais podemos nos tornar amigos deles, conhecendo a história podemos fazer a nossa própria, e o desejo do nosso professor é com certeza que nossa história de vida seja a melhor, que ela seja perfeita, pois este é o sentimento do professor, de proteção, de querer o melhor para cada aluno seu.

O que dizer daqueles que perguntam: como foi seu final de semana? E se alegram com a resposta positiva ou se comovem com a resposta negativa, seres que transferem valores e conhecimentos, teóricos e práticos, da escola e da vida. 
Muito estudo, esforço, perseverança, os inúmeros diários para corrigir, as críticas, as noites mal dormidas fazem parte do dia-a-dia do professor, sábados, domingos e feriados dedicados à correção de provas, o preparo da próxima aula. Verdadeiros guerreiros, podemos dizer assim, que amam o que fazem, que sobrevivem a desvalorização e principalmente a esta nova geração de alunos que em sua maioria já não disputam para levar a maçã mais vermelhinha, ou flor mais bonita “roubada” do jardim de sua mãe, e sim levam conflitos e desrespeito para com aquelas pessoas que estão ali trabalhando e dando o melhor de si para ensinar  muito além de conteúdo, caráter e honestidade.
Aos Queridos mestres, que deveriam ser prestigiados todos os dias, digo a estes profissionais da educação, que ninguém chega a lugar algum sem o ensino de um professor, e que sua posição, sua figura deve ser sim um destaque na vida de todos, e esta semana deixo um registro de carinho, gratidão e reconhecimento à todos os professores.

Thiago D'avila
Graduado em Gestão Imobiliária,
Graduando em Gestão Pública.













Curso de Dança de salão iniciou nesta semana

Vanderlei Holz Lermen

Na terça-feira à noite teve início a 3ª edição do Curso de Danças de Salão, promovido pelos instrutores Sandro e Kelly Coitinho. As aulas serão todas as terças à noite, das 20 às 22 horas, com a duração de 2 meses e serão realizadas no Clube Aliança.
Mesmo as aulas já tendo iniciadas, quem tiver interesse em participar do curso, poderá obter maiores informações com os instrutores no Supermercado Hartmann em Boa Vista do Buricá, ou se fazer presente na próxima aula.

Acidente de trânsito fez caminhão tombar entre Nova Candelária e a BR 472

Um acidente de trânsito foi registrado por volta das 14 horas desta quarta-feira, dia 16 de outubro, entre Nova Candelária e a BR 472. A colisão ocorreu em uma encruzilhada, no local conhecido como Campina, nas proximidades de Vista Alta. O acidente envolveu um Ford Escort, que trafegava no sentido Boa Vista do Buricá - São Miguel do Reúno, e um caminhão Mercedes Benz Baú, que trafegava no sentino Nova Candelária - BR.
Ficaram feridos no acidente, mas sem gravidade, uma mulher e uma criança que estavam no Escort. Os dois ocupantes do caminhão não se feriram.
 Com a violência do impacto o carro teve sua frente destruída. Já o caminhão tombou, provocando avarias de grande monta na carga, que era de eletrodomésticos.
Dois guinchos da H Resgate e Serviço de Guincho de Crissiumal foram necessários para remover os veículos do local.

Nilton dos Santos: Dois inventos perigosos

Muito se alardeia hoje sobre os avanços da chamada biotecnologia, ciência nova ligada à Química, à Biologia e a áreas da Engenharia. Na última década, foram apresentadas ao mundo centenas de invenções dessa área do conhecimento, notadamente relacionadas a modificações genéticas de animais e plantas. Citemos apenas duas delas: plantas transgênicas e sementes estéreis.
Transgenia é alteração artificial da estrutura genética de um organismo vivo. Insere-se no DNA de um vegetal, por exemplo, uma bactéria, que passa a fazer parte daquela planta e das sementes que ela produzir, de maneira que depois de alterada nunca mais essa espécie voltará a ter as características originais, naturais. Acontece que essa bactéria tem uma estrutura chamada plasmídio, que interage com outros DNAs. Quando uma pessoa ou animal se alimenta de soja transgênica, por exemplo, o plasmídio continua ativo, interagindo com os microorganismos (bactérias, fungos, vírus etc.) do corpo do homem ou do animal. Ninguém sabe o que acontecerá a longo prazo com a saúde de organismos que consomem transgênicos. A inserção de alimentos transgênicos na dieta de animais e seres humanos é uma perigosa incógnita. Há grande probabilidade de consequências desastrosas, portanto, não só nos vegetais, mas também em tudo que se relaciona com eles: o solo, microorganismos do subsolo, o homem, bovinos, ovinos, insetos, roedores etc.
Já existe pesquisa indicando que, em razão dos alimentos transgênicos, podem surgir novas doenças, destacando-se cânceres, doenças neurológicas e novas alergias. Ainda, as doenças podem passar a oferecer resistência a antibióticos (usados nessas plantas transgênicas). Além disso, nos alimentos transgênicos são encontrados em maior quantidade resíduos de herbicidas e pesticidas.
Cientistas americanos anunciaram há pouco que encontraram evidências de que o pólen de milho transgênico estaria matando as borboletas monarca. Segundo os pesquisadores John Obrycki e Laura Hansen, as chances de as lagartas das borboletas monarca morrerem multiplicam-se por sete quando se alimentam em plantas carregadas com o pólen do milho transgênico Bt, comparando-se com o milho convencional. Bt é a abreviatura de Bacillus thuringiensis, uma bactéria do solo que age como pesticida natural defendendo a planta do ataque da chamada lagarta do cartucho (encontrada mais em plantações de milho). O gene da bactéria foi inserido nos DNAs do milho e do algodão.
Sobre as sementes estéreis, a situação não é diferente. Passamos a viver completamente inseguros em relação ao futuro da vida planetária. A transnacional Monsanto desenvolveu a semente Terminator, cujo DNA foi alterado para que não haja possibilidade de reprodução das espécies cultivadas. Assim, as novas sementes de vegetais originários de plantios com essa semente são estéreis. Isso obriga o produtor a comprar novas sementes todos os anos, exclusivamente dessa megaempresa, já que a ela pertence o direito de propriedade sobre a marca da semente. A produtividade aumenta no começo. No entanto, o agricultor experimenta prejuízo depois, assim que se torna dependente desse sistema perverso.
Esses dois inventos tidos como revolucionários e símbolo do progresso da ciência devem ser vistos com muita preocupação. Ocorre que Deus criou a vida para ser cuidada pelo homem, e não manipulada, modificada.
Todas as pesquisas e novas invenções científicas nessa área são festejadas pelos cientistas - e também por incautos – como uma criação que trará mais qualidade de vida para o mundo. Mas na verdade o que elas provocam é mais miséria, novas doenças, e o risco de extinção de toda forma de vida no planeta. E enriquecem ainda mais as megacorporações comerciais transnacionais.

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS
Rua Pres. Getúlio Vargas 413, centro,
Boa Vista do Buricá – RS
Cultos aos domingos, 19h30min
Pastor Nilson Doneda

Semana da Criança na EMEI São José

“Ser criança é pular, correr e brincar... Num olhar, num sorriso transmitir a paz e o amor que carrega no coração.”
A semana da Criança na EMEI- SÃO JOSÉ estava muito animada. As crianças participaram de várias atividades diferenciadas em homenagem ao seu dia, tais como:
- Desfile de fantasias e festival.
- Cinema com pipoca.
- Festa do doce, hora do conto e pintura de rosto.
- Passeio de dindinho e dia do sorvete.
Parabéns a todas as crianças da EMEI- SÃO JOSÉ!









Secretário Luiz Fernando Mainardi esteve em Boa Vista do Buricá

Vanderlei Holz Lermen

Na última quarta-feira, dia 16 de outubro, o Secretário Estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi esteve em Boa Vista do Buricá para a inauguração da Inspetoria de Defesa Agropecuária - IDA. O escritório recebeu melhorias no prédio, novos computadores e móveis, dando mais conforto e agilidade aos funcionários e produtores que buscam os serviços da instituição. A ação é um projeto do Governo do Estado, que tem por objetivo a qualificação e modernização dos serviços de defesa sanitária animal e vegetal e, entre as principais ações, visa a revitalização das 248 inspetorias do Estado
Participaram do evento também a chefe da Inspetoria Veterinária Zootécnica de Boa Vista do Buricá, Thiana Gueresi de Mello Oliveira, o prefeito de Boa Vista do Buricá Antônio Mota, representantes da administração de Boa Vista do Buricá, São José do Inhacorá e Nova Candelária, além de produtores e outras entidades.
Luiz Fernando Mainardi falou sobre o trabalho da Inspetoria no controle de doenças, principalmente da aftosa, através da vacinação.  Frisou o investimento de 60 milhões de reais em equipamentos e reforma dos prédios das IDAs no  Rio Grande do Sul.
Além disso, falou também sobre a constante busca de agregação de valor à cadeia produtiva e principalmente a modernização dos sistemas, trazendo mais comodidade e rapidez no atendimento ao produtor.
Mainardi falou em entrevista exclusiva ao Jornal Tribuna sobre o projeto para a modernização do sistema de emissão da Guia de Trânsito Animal – GTA, que em breve poderá ser realizada via internet.
Segundo Mainardi, é fundamental que todas as informações relativas aos rebanhos de todas as espécies sejam registradas. É através desse controle sanitário que o estado planeja e desenvolve todas as campanhas de defesa, de prevenção e imunização dos rebanhos. “É lei, isso precisa estar registrado e permanentemente atualizado. Isso não significa que temos que criar dificuldades para o produtor, para ele atualizar ou tirar um documento que se junte depois a nota fiscal do produtor, que é a Guia de Trânsito Animal – GTA. Ela é necessária para acompanhar a nota fiscal, pois é essa guia que diz que ele esta em dia com a sua condição junto à Inspetoria. Nós queremos modernizar esse sistema. Isso que nós fizemos aqui já é um primeiro passo.”
O primeiro passo já foi dado para a informatização de todo o sistema. “Hoje o produtor já pode saber o seu saldo pela internet. Ele se cadastra na Inspetoria, recebe uma senha, e com ela tem acesso a sua conta. Ele só não pode ainda fazer a emissão da guia em casa. Esse foi o primeiro resultado do trabalho que estamos realizando”. – destacou o Secretário.
O segundo resultado será a criação no sistema de uma senha em que todo o produtor poderá acessar e fazer a emissão da GTA, se estiver em dia com a Inspetoria, de onde estiver, através da internet. “Essa foi uma das recomendações que o governador Tarso nos deu quando do inicio do nosso trabalho. É desejo que as Inspetorias sejam modernizadas e organizadas, como está hoje essa aqui em Boa Vista do Buricá. Buscamos também a modernização tecnológica. Hoje em dia a gente compra pelo celular e pela internet. É tudo mais fácil. Queremos facilitar também a vida do produtor. É isso que nós estamos fazendo” – concluiu Mainardi.



Entidades assistenciais são beneficiadas com alimentos

O Grêmio Estudantil da SETREM (GEESE) fez a entrega de mais de 300kg de alimentos não perecíveis para entidades assistenciais de Boa Vista do Buricá e Três de Maio. A atitude beneficiou o Bom Pastor de Ivagaci da cidade de Boa Vista do Buricá e o Lar dos Idosos da cidade de Três de Maio. Os alimentos foram arrecadados através da gincana do Ensino Fundamental e Ensino Médio realizadas em comemoração ao dia das crianças.
O presidente do GEESE, Vitor Classmann, explica que a ideia de arrecadar os alimentos e posteriormente fazer a doação para as entidades partiu dos membros da gestão anterior do Grêmio. "Acatamos a ideia solidária e demos continuidade a essa ação por acreditarmos que temos que ajudar o próximo. Essa atitude têm conquistado cada vez mais pessoas dispostas a fazer o bem", finalizou.

Lar Bom Pastor: Acolhendo crianças, promovendo futuros

Vanderlei Holz Lermen

Acolhimento, educação e um espaço para crescer. Essa é a estrutura que o Lar Bom Pastor de Ivagaci, Boa Vista do Buricá, oferece às crianças que chegam por determinações do poder judiciário, através de termos de guarda de responsabilidade que são expedidos pelo juiz, em favor da instituição.
O Lar Bom Pastor teve seu início nos anos de 1971, com a vinda dos missionários do Canadá, pastor Kurt Redmann e Gudrum Redmann. Eles migraram da Alemanha para o Canadá, e de lá, através de uma missão, vieram para o Brasil. No local onde hoje está situado o Lar, havia um hospital, que na época estava fechado. Ao chegar aqui, o casal viu que havia muitas crianças pelas ruas na região, algo que no país deles não era comum. Eles foram buscar os motivos disso e resolveram ajudar. A comunidade de Ivagaci doou esse hospital, justamente para fazer um orfanato. Em 1970 foi fundada a instituição Lar Bom Pastor, nas dependências do antigo  hospital. Em 1981 foi inaugurado o novo prédio. O Lar fará 42 anos de existência, onde já passaram aproximadamente 800 crianças.
Dessas crianças, hoje adultos e jovens, que passaram pela instituição formaram-se profissionais das mais diversas áreas de atuação. Muitos deles hoje visitam a instituição e colaboram de alguma forma, em agradecimento pelo que o Lar fez por eles. Claudenir Dal Ross, mais conhecido como Canário, Representante geral do Lar Bom Pastor, destaca que esses 42 anos de existência da instituição tem abençoado muitas crianças.
JT - Quantas crianças são acolhidas atualmente no Lar?
Canário – São 22 meninas e 48 meninos, totalizando 70 crianças. Contamos com o sistema de Casa-Lar, que foi implantado há cerca de 8 anos. Antes acolhíamos somente meninos, mas como tivemos muitos pedidos nos últimos anos para acolher também meninas, adaptamos nosso sistema possibilitando também receber meninas.
JT – Quais os principais motivos para as crianças serem destinadas à instituição?
Canário – Por determinações do Poder Judiciário, os principais motivos são problemas e desajustes nas famílias das crianças.
JT - Qual é atualmente a estrutura que o lar oferece? 
Canário - No lar as crianças recebem alimentação, roupas, abrigo e orientações psicológicas. Temos na instituição assistente social, uma equipe técnica com psicóloga, nutricionista e diretores. As crianças também recebem o amparo espiritual, que é muito importante. Muitas crianças chegam aqui com problemas e o lar oferece tudo o que uma pessoa precisa para se dar bem na vida, para que ela tenha um futuro promissor e sair da situação de abandono. Se a criança estiver aqui na instituição e cumprir com as regras do lar, ela pode sair daqui até com a universidade, mas isso depende exclusivamente dela.
JT – Fale um pouco sobre a educação dessas crianças.
Canário - Os estudantes fazem o ensino fundamental na Escola Estadual Tenente Antonio João e o ensino médio no Barão do Rio Branco. Algumas crianças, que tenham alguma necessidade especial para a educação, estudam na Escola Especial APAE.
JT - Quantos funcionários trabalham na instituição? 
Canário - O Lar está dividido em diversos setores. Hoje na instituição, contando com a área agrícola, o Lar tem um quadro de 30 funcionários diretos, mais 3 ou 4 funcionários que fazem um trabalho voluntário.
JT - Como funciona e onde fica a parte agrícola?
Canário - Essa área fica no município de Bossoroca. Esse espaço foi criado com a intenção de ter um local especial, onde as crianças com algum problema de relacionamento com os demais, pudessem ficar. Mas isso ficou inviável, pois era necessária uma estrutura e funcionários para administrar o sistema, o que tornava inviável. Hoje, as crianças vão de tempos em tempos para a área agrícola, aprendem  sobre agricultura, épocas de plantio, vão aprendendo as coisas básicas. A fazenda serve como colônia de férias, onde todos os anos, nos meses de janeiro e fevereiro, as crianças passam cerca de 45 dias lá.
JT - E a parte da indústria têxtil? 
Canário - A parte têxtil na verdade é vinculada ao Lar, mas é totalmente separada. Os benefícios dela, a produção é em prol do Lar, mas as crianças e jovens não trabalham lá, pois a prioridade deles é o estudo.
JT - Como o Lar se mantém? 
Canário - Na verdade o Lar se mantém, nesses 42 anos, com doações. A mantenedora maior do Lar ainda continua sendo do Canadá, mas hoje temos muitos grupos de serviço que também colaboram. Há outras opções ainda, onde a própria comunidade pode ajudar. Temos a lei do incentivo fiscal, onde as pessoas físicas e jurídicas podem abater o imposto de renda. Eles deixam de pagar uma porcentagem para o governo e ajudam a instituição. A pessoa física pode abater ate 6% do imposto devido ao governo, e a pessoa jurídica 1% do imposto devido.
Hoje estamos também cadastrados na Nota Fiscal Gaúcha, onde os cadastrados somam pontos no governo, e entramos no sorteio, podendo receber também alguma contribuição.

I Semana do Idoso no município de Nova Candelária

Assessoria de Imprensa

O CRAS, juntamente com a Secretaria de Saúde, Sindicato, Emater e Sicredi, realizou entre os dias 30 de setembro a 04 de outubro, a I Semana Municipal do Idoso.
No dia 30 de setembro (segunda-feira), houve estandes diversos com atividades para os idosos, como verificação de pressão, teste de glicose, alimentação, ervas medicinais, documentação, fotos, carteira do idoso, atividades físicas e tertúlia livre. Neste dia o evento contou com a presença de 160 idosos.
Para o dia 02 de outubro, foi programado à tarde dos jogos, onde contou-se com a participação de 130 idosos, jogando os mais variados jogos, como loto, canastra, pife, bolãozinho, paciência, entre outros. Também teve sorteio de prêmios que foram doados pelo comércio do município.
E para encerrar as atividades, no dia 04 de outubro, realizou-se uma grande confraternização com a presença de 460 idosos. Neste dia foi realizada uma celebração pelo Padre Irineu Brisch e pelo Frater Castelar, em seguida foi servido almoço, com apresentações da Invernada Artística do Piquete Marca da Ferradura, Coral Melhor Idade e das crianças e adolescentes do CRAS. Pela parte da tarde foi realizado baile para descontração.