terça-feira, 10 de março de 2015

ABELC apresenta atletas e comissão técnica para temporada 2015

Na noite de segunda-feira, 02 de março, foi realizada a solenidade de abertura da temporada 2015 da ABELC - Associação Boa-vistense de Esporte, Lazer e Cultura, de Boa Vista do Buricá, no ginásio São José. A Equipe da ABELC foi fundada no ano de 2013 e participou pela primeira vez de um campeonato estadual na Série Bronze 2014 e conquistou o vice-campeonato logo em sua primeira participação. Neste ano de 2015 a equipe vai participar do Estadual Série Prata. O evento de apresentação contou com a presença do prefeito de Boa Vista do Buricá Dr. Antonio Mota, Vice-Prefeito Vilmar Horbach, Presidente da ABELC Valmir Lutz, Prefeito de Nova Candelária Carlos Dick, Vice-Prefeito Jorge Stefler, patrocinadores, torcedores e representantes da imprensa local e regional. Além dos remanescentes do grupo do ano passado e novos contratados que haviam sido anunciados antes da apresentação, também estava presente o mais novo contratado da ABELC, Vitor Nass, que tem passagem pelo Romar Mann (Três de Maio/Independência), Santiago Futsal, ACLE (Cerro Largo), AES (Sobradinho), John Deere (Horizontina) e Três Coroas.

Patrocinadores da ABELC em 2015 
Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá, Câmara de Vereadores, ACI, Globo Info, Comercial Ivagaci, SICREDI, Lojas Holz, Industrial Margil, Transburicá, Vida Farmácias, Marmoraria Mildner, Tabelião Sinval David, Posto do Brizola, Dr. Mota, Concrepassos, Hidrotintas, Central Presentes e Papelaria, Airton Bones Contabilidade, Mercado Popular Redefort, Olivia Christ, Móveis Boa Vista, Trecar Peças e Serviços, Restaurante Panorâmico, Mecânica Boa Vista, Nova Car, Restaurante do Posto do Vilson, Escritório Contábil Bones, Mercado Popular do Tanaka, Bebidas Garoto, Restaurante e Pizzaria do Bacharel, Nelson José Veit – Representante SLC.

Diretoria da ABELC 
Presidente: Valmir Lutz
Vice-Presidente: Airton Gotz
Vice-Presidente de Futebol: Osmar Kowalski
Tesoureiro: Airton Bones
2º Tesoureiro: Mônica Simon
Secretárias: Carla Christ (Tula) e Márcia Eckert
Diretor de Futebol: Balta
Assessores de Imprensa: Jornalistas: J.B.Nardes e Genaro Caetano
Diretor de Marketing: Marlos Stein
Conselho Fiscal: Tiago Feltens, Gabriela Atuatti, Jair Diel, Ademir Orth, Leandro Fernantes, Márcio Ludwig, Jair Matte, Diogo Martini, Vilmar Horbach, Everton Eckert e Marciele Kerber
Comissão Técnica
Técnico: Alexandre Ott (Ale) Preparador Físico: Jonas Hermann (Véio) Preparador de Goleiros: Luiz Fernando Oliveira (Sapo) Massagista: Silvio Zuhl Roupeiro: Pedrão

Famílias que ganham desconto na conta de luz devem fazer recadastramento para não perder o benefício

Vanderlei Lermen

Os clientes atendidos pelo programa Tarifa Social de Energia Elétrica devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do seu município e atualizar os dados do Cadastro Único para continuar recebendo o benefício. O prazo para o recadastramento encerra em 20 de abril. A partir de 1º de maio, quem não tiver informado os dados perderá o benefício automaticamente.
Segundo a Gestora da Assistência Social Karine Braun, o cadastro deve ser realizado pela mulher. Após feito o cadastro ou atualizado o mesmo junto ao CRAS, com o número de identificação (NIS) o beneficiário deve se dirigir até a conveniada da empresa de energia solicitar a inclusão no benefício. Aí é feito o encaminhamento para a central, onde será decidido se o cliente se encaixa ou não no programa.
A Tarifa Social de Energia Elétrica é um desconto na conta de luz destinado às famílias inscritas no Bolsa Família com renda de até meio salário mínimo per capita ou que tenham algum componente beneficiário do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) ou famílias inscritas no CadÚnico com renda mensal de até três salários mínimos (R$ 2.364), também, quem tenha portador de doença ou deficiência cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, demandem consumo de energia elétrica. O desconto concedido varia de acordo com consumo de energia:

Documentos necessários
Para o responsável pela família, preferencialmente quando houver mulher, que seja esta a declarar é obrigatório apresentar os seguintes documentos de todos os entes que compõem a família, no CRAS para o Cadastro Único: 
Certidão de nascimento e/ou casamento
CPF
Carteira de Identidade (RG)
Carteira de trabalho ou previdência social
Titulo de eleitor
Certidão administrativa de nascimento do indígena. 
Cópia de atestado de matricula escolar.
Comprovante de Residência
Comprovante de renda
Certidão de aptidão do PRONAF e/ou declaração de renda do Sindicato Rural referente os últimos 12 meses.
Para simples atualização de quem já tem o cadastro, trazer as cópias de renda e residência.
Já, para a empresa conveniada no município é necessário apresentar pelo menos um desses documentos: CPF ou o Título de Eleitor, deve levar também um comprovante de endereço, que pode ser à conta de luz ou de água e o Número de Inscrição Social – NIS.

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Uma grande mulher: exemplo de perseverança e dedicação

Vanderlei Lermen

A nossa homenagem ao dia da mulher mostra uma bela história de vida, com muitas superações. A história de Sibila Olívia Christ, de 79 anos encanta e emociona. Ela nasceu em Venâncio Aires e veio para Boa Vista do Buricá em 1926, quando a família se mudou para cá.
Em 25 de abril 1957 casou com Erno João Christ. Em maio, estando grávida da primeira filha, foi morar em Itapiranga-SC, onde permaneceram por 2 anos. Quando retornaram a Boa Vista do Buricá, foram morar em Linha Alpargatas, onde compraram um moinho. Em 1963 foram morar na cidade.“Posso dizer que mesmo que tenha nascido em Venâncio, minha terra onde cresci, constitui família, trabalhei e sempre vivi é este município. Aqui meus pais, Ana Paulina e Nicolau Recktenvald, encontraram e formaram um lar. Esta terra querida nos acolheu, uma família com minhas 5 irmãs e 8 irmãos”.
O casal teve 6 filhos: Nilse, Neusa, Jorge (in memoriam), Meri, Carla e Daniel. Hoje são ainda 13 netos e 4 bisnetos.
Sibila estudou até o 3° ano do primário. “Naquela época o estudo era difícil e pouco valorizado. Aprendíamos o básico e depois já devíamos ajudar nas tarefas de casa e na roça” – destacou.
Seu marido faleceu em 20 de janeiro de 1990, em um acidente. “Foi de forma inesperada, não foi fácil superar esta grande perda”.
Além da perda do marido, no mesmo ano Sibila descobriu um câncer. Ela relata que foi um período muito difícil, porque na dor teve que buscar forças para que a família, os filhos e netos, não ficassem sem pai e mãe. “Com a graça de Deus e cuidados médicos, hoje estou curada. Infelizmente, além da grande falta do Erno e das dificuldades sem sua presença, meu filho Jorge, em 1994 também faleceu em um acidente. Perder o marido, adoecer, perder o filho e todas as dificuldades financeiras e econômicas, além da missão de manter a fé e perseverança de meus filhos, erguer a cabeça e continuar com trabalho e dedicação, foi a grande batalha. E nestes momentos difíceis, contamos com Deus, a família e verdadeiros amigos que na dificuldade não nos abandonaram e nos apoiaram. Fé em Deus, família, amigos verdadeiros e trabalho são remédios, alento e alegria nas dificuldades da vida”.
Sibila conta que ser a esposa do prefeito era difícil por ser uma mulher simples, criada na colônia e sem muito conhecimento. E com esta simplicidade, participavam e enfrentavam juntos os desafios e as dificuldades e a responsabilidade era muito grande.
Ao longo dos anos as mulheres tiveram várias conquistas. “Não tínhamos os direitos assegurados como hoje em dia mas nosso trabalho, ao lado de nossos maridos e nossas famílias era o exemplo para nossos filhos e filhas. As mulheres que acompanharam seus maridos para desbravar esta terra, são exemplos de luta, perseverança, trabalho incansável, fé e amor à família” – destacou.
O voto feminino foi instituído em 1932, 4 anos antes do nascimento de Sibila.O estudo era difícil, oportunidades de seguir estudando era quase sempre restrito às que escolhiam a vocação religiosa, em conventos. Nenhuma cidade próxima tinha faculdade.
As mulheres trabalhavam na roça, nas casas de comércio de seus pais ou maridos ou como donas de casa. Não havia muitas opções.
As professoras eram as que exerciam uma atividade fora. “Pioneiras como a Dona Gisela Heck, que recebiam um salário, que era a quantia que os pais podiam pagar para que seus filhos aprendessem a ler e escrever. Aos poucos foram surgindo as professoras, que com sacrifício, estudavam as “curtas e plenas” e assim abriram novos horizontes às mulheres. Jovens, perguntem às professoras, busquem entender e compreender as dificuldades pelas quais passaram para estarem em sala de aula, ensinando e educando”.
 As religiosas do Hospital e da Escola São José também cumpriam a função de enfermeiras e professoras. O Hospital, colégio e pequenas empresas ofereciam emprego. As “balconistas” foram as primeiras mulheres a possuir carteira assinada, assim como funcionárias públicas.
Na política, as mulheres exerciam o trabalho das esposas dos prefeitos em campanhas comunitárias e solidárias.  Sibila conta que a participação das mulheres em atividades comunitárias era grande. “Aqui em Boa Vista, a participação envolvia todas as mulheres da comunidade. Juntas, organizamos Natal, festas comunitárias, bailes e promoções para manter entidades e auxiliar pessoas. De certa maneira, as mulheres de Boa Vista do Buricá sempre foram, ao lado de seus maridos e pais, companheiras incansáveis deste crescimento. Não importava para qual entidade, para a Igreja, colégios, etc., o trabalho feminino foi responsável para manter e auxiliar as entidades que existem hoje. Mais tarde, em 1989, a amiga Dalia Sauressig foi eleita a primeira Vereadora em nosso município.  Hoje, talvez, muitos não compreendam que, há muito pouco tempo atrás, a realidade era muito diferente e que o mundo mudou rapidamente para nós, mulheres que vivemos mais de meio século neste município”.
Perguntamos a Sibila o que define uma grande mulher. Ela respondeu que uma grande mulher é aquela que deixa marcas, no coração de sua família e de sua comunidade. Que deixa exemplos de honra e dignidade, de trabalho profissional ético, de contribuição comunitária sem interesse pessoal, de humanidade, solidariedade, família e fé.
Sibila deixou também a sua homenagem a todas as mulheres.
“Agradecer a Deus por todas as bênçãos e por minha vida, por cada momento, independente do sacrifício, por nascer mulher e mãe, hoje avó e bisavó.
Lembrar e agradecer à minha mãe, que foi uma grande mulher e exemplo para seus filhos.
Agradecer a tantas mulheres deste município, amigas e companheiras de luta e responsáveis por tudo que conquistamos, juntas. Pelo exemplo de trabalho em prol de suas famílias e de todos nós.
Que cada mulher seja reconhecida, que sejam preservados seus direitos fundamentais e igualitários, independentemente de sua instrução ou trabalho que exerce, de sua raça ou religião e que, acima de tudo, que seja respeitada”.

Sorteio estadual da Nota Fiscal Gaúcha contempla contribuintes de Nova Candelária

A partir da aprovação da Lei Municipal nº 409/14, e emissão do Decreto nº 768/14, em dezembro de 2014 o Município de Nova Candelária,recebeu autorização para aderir à Plataforma da Nota Fiscal Gaúcha por meio da Secretaria Estadual da Fazenda.
Com a adesão ao programa, o município distribui prêmios em dinheiro aos consumidores do comércio de Nova Candelária que estiverem cadastrados no Programa da Nota Fiscal Gaúcha. Para concorrer aos prêmios também é preciso solicitar a inclusão do seu CPF na nota fiscal na hora da compra.
Para efetuar o cadastro no Programa, basta acessar o site da Nota Fiscal Gaúcha ou comparecer junto a Prefeitura Municipal (Secretaria de Agricultura ou Setor de tributação). O cadastro também pode ser feito no Sindicato dos Trabalhadores Rurais para os sócios em dia com o Sindicato.
Os sorteios são realizados pelo Programa Nota Fiscal Gaúcha, onde os contribuintes concorrem a prêmios de nível estadual de até um milhão de reais, além  de concorrer a dois prêmios mensais disponibilizados pelo município de Nova Candelária, sendo um prêmio de R$ 200,00 e outro de R$ 300,00, totalizando R$ 500,00 por mês. Desde o mês de dezembro de 2014, já são efetuados sorteios exclusivos aos consumidores do comércio Novacandelariense.
Esta ação faz parte do esforço da Divisão de Tributos para o incremento da arrecadação do ICMS, fortalecendo e incentivando as compras no comércio local. Os consumidores de Nova Candelária cadastrados nos programas só tem a ganhar pois participam de três sorteios mensais: Bolão de Prêmios da Prefeitura Municipal, “Participe e Ganhe”, Sorteio Estadual e Sorteio Municipal da Nota Fiscal Gaúcha.
No último dia 26/02/2015 foi realizado o sorteio do mês em questão, sendo que 3.051 pessoas foram contempladas a nível estadual e destas, um contribuinte contemplado é de Nova Candelária, Sr. Odélio Bald.
Já no mesmo sorteio a nível municipal foram contempladas as munícipes Marlise Weinzenmann, com R$ 300,00 e Maria De Lourdes Trindade Maciel, com R$ 200,00. Os contemplados devem comparecer na Prefeitura Municipal para maiores informações.

Novos livros para a Biblioteca Pública Municipal Elaine Ingrid Führ Dick

Assessoria de Imprensa

Sabendo da importância da leitura no desenvolvimento de um cidadão com capacidade de formulação de ideias e opiniões, alguns profissionais da área da educação reuniram-se na última semana nas dependências da Biblioteca Pública Municipal de Nova Candelária para discutir pautas ligadas à educação e atividades da biblioteca.
O Secretário da educação, Cloves Kuhn, a Coordenadora Pedagógica Andreia Heis, a professora responsável pela Hora do Conto e projetos de leitura, Marina Werner, e a responsável pela manutenção e serviços da biblioteca,Merci Dick, deliberaram sobre os projetos que serão desenvolvidos no decorrer deste ano. Vários trabalhos realizados nos últimos anos terão continuidade, como viagens culturais dos grupos da melhor idade, confecção de brinquedos, encontros com idosos de Nova Candelária, contação de histórias para todas as crianças do município e o baú literário.
Na oportunidade foram entregues à Biblioteca Pública Municipal os novos livros de literatura adquiridos pela Secretaria de Educação e Cultura, com o apoio da Administração Municipal que custeou os mesmos. Os exemplares contemplam um público diversificado e vem para enriquecer o acervo bibliográfico da biblioteca que desde 2009 atende toda população de Nova Candelária incentivando a leitura e oportunizando o crescimento cultural à toda comunidade.
Ainda que no ano passado uma quantia significativa de livros já havia sido adquirida com recursos do Governo Estadual, é importante atualizar constantemente o acervo bibliográfico, atendendo dessa forma os interesses dos leitores/frequentadores da biblioteca. Quem ainda não tem o hábito da leitura, está convidado a conhecer o espaço, efetuar o seu cadastro, e realizar a leitura de um bom livro. A biblioteca também conta com um espaço climatizado, onde o leitor pode ficar à vontade para ler alguma obra. A Biblioteca Pública Municipal Elaine Ingrid Führ Dick está situada na praça municipal junto ao Museu de Nova Candelária e possui aproximadamente seis mil livros. O atendimento acontece nas segundas e sextas-feiras das 8h às 11h45min e das 13h30min às 17h. Nas terças, quartas e quintas, o expediente é pela parte da manhã, das 7h às 11h45min.


Unidade Móvel do SEBRAE/RS realizou atendimento em Boa Vista do Buricá


As orientações aos empresários e empreendedores iniciaram às 8h30min e estenderam-se até às 16h30min, na terça-feira, dia 3 de março, em Boa Vista do Buricá, junto a Prefeitura Municipal. A iniciativa do SEBRAE/RS conta com o apoio da prefeitura municipal e visa atender de forma gratuita pequenos negócios e empreendedores locais. Na Unidade Móvel, o técnico do SEBRAE/RS Eloi Freling orienta micro e pequenas empresas, presta assessorias gratuitas, esclarece sobre a formalização e suas vantagens, realiza a Declaração Anual do Microempreendedor Individual (MEI), e encaminha para cursos, assessorias, consultorias e outras soluções que a instituição oferece. É uma ação que visa aproximar o SEBRAE/RS daqueles que não têm acesso às Unidades de Atendimento e levar até eles as ferramentas necessárias para potencializar o empreendedorismo local.
A iniciativa de trazer a Unidade Móvel do SEBRAE/RS para atender em Boa Vista do Buricá é da Administração Municipal através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.
Fonte: Assessoria de Imprensa


Programa Mais Educação será implantado nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental de Boa Vista do Buricá

O Mais Educação é um programa do Governo Federal que visa melhorar a qualidade da Educação no país, a partir da ampliação do tempo escolar para até sete horas diárias – 35 horas semanais. Uma das ideias centrais do programa é trazer para dentro da escola os saberes da sociedade, a fim de que os estudantes possam conhecê-los e a partir daí, buscar seus próprios caminhos, rumo à construção do seu conhecimento. Ainda, pretende ser um instrumento que leve à redução da evasão, da reprovação e da distorção idade/série;
A ideia de ampliação progressiva das horas que o estudante passa na escola não é nova, tendo sido prevista já na Constituição Federal de 1988, na LDB (Lei 9394/96), e no Plano Nacional de Educação (PNE - 2001). Já em 2014, o novo PNE, na meta 06, prevê que até 2024, 50% das escolas brasileiras devam atender os educandos em tempo integral. Neste sentido, o Programa Mais Educação precede a Educação Integral.
Em Boa Vista do Buricá, o Programa Mais Educação está começando a ser implantado nas duas escolas municipais que oferecem o Ensino Fundamental. Como as duas instituições apresentam diferenças quanto aos aspectos de espaço físico e número de alunos, o programa também funcionará de modo distinto.
Na Escola Padre Schlosser, por haver estrutura física, todos os alunos participarão do programa. Já na Escola São José, a adesão será opcional, cabendo aos pais a decisão de que seu filho participe ou não das atividades.
Independente da escola que frequentam, os alunos terão atendimento no seu horário normal de aula, e o acréscimo de horas se dará no turno inverso.  Esta ampliação será de 4 horas diárias, ao longo de quatro dias. Portanto, os alunos do Mais Educação ficarão nove turnos na escola. No turno inverso à aula, participarão de oficinas, onde serão proporcionadas atividades diversas, sendo: Acompanhamento Pedagógico, com a monitoria de profissionais com formação na área da Educação, onde receberão auxílio para a realização das tarefas escolares, pesquisas e atendimento de reforço escolar, se necessário; estas atividades serão diárias. Outro foco é a Educação Ambiental e Sociedade Sustentável, onde os educandos serão levados a refletir e a agir segundo preceitos da sustentabilidade social, ambiental e financeira. Ainda, será fomentada a prática de Esportes e Lazer, através de oficinas que estimulem a realização de atividades visando a saúde física e mental. Será oferecido também, almoço para todos os alunos participantes que quiserem.
A partir deste programa está se buscando melhorar cada vez mais a qualidade da Educação ofertada em nossas escolas. A ideia não é só ampliar o tempo que os educandos passam na escola, mas sim, proporcionar contato maior com atividades pedagógicas e educativas, objetivando a formação integral do indivíduo, tanto no aspecto cognitivo, como no afetivo e social. Assim, estaremos contribuindo para a formação de cidadãos mais autônomos, solidários e éticos, na busca de uma sociedade melhor.

Quinto Trilhão de Motos em São José do Inhacorá

Assessoria de Imprensa

Dia 1º de março de 2015, domingo, no município de São José do Inhacorá/RS ocorreu o 5º trilhão - enduro de motociclismo; evento este, que reuniu aproximadamente 300 trilheiros/motociclistas  advindos de 31 municípios da região. O evento foi promovido pelo grupo de trilheiros Assulera e esteve inserido nas festividades de 23 anos do município inhacorense.
Pela manhã, os trilheiros participantes foram recepcionados no quiosque da praça municipal com café, oportunidade em que realizaram o seu credenciamento para o 5º Trilhão. Às 08 horas foi dada a largada desta aventura que percorreu aproximadamente 75 km nas trilhas do interior do município, oportunidade em que muita adrenalina esteve presente em virtude dos sinuosos e íngremes trajetos do território Off  Road traçado. O retorno aconteceu ao meio-dia, onde foi servido um almoço na Sede da ASCISJOI.
O Presidente do grupo anfitrião - TrilheirosAssulera, Vilmar Carlos Meurer  afirma que “embora o objetivo da prova não seja premiar o mais veloz,a finalidade principal é promover a integração entre pilotos e organizadores deste esporte e, sobremaneira, promover o crescimento da modalidade.”
O grupo agradece a colaboração de todos os envolvidos na organização deste evento, bem como a participação dos trilheiros que se inscreveram e prestigiaram o 5º Trilhão no município.

São José do Inhacorá terá Semana de Valorização da Vida

A Administração Municipal de São José do Inhacorá convida você munícipe que busca sempre o melhor para você e sua família, e se preocupa com os rumos que a sociedade vem tomando, principalmente a crescente violência, e a falta de valores éticos, morais, espirituais e humanos para participar de uma programação diferente: a Semana da Valorização da Vida. Na programação que vai de 9 a 13 de março de 2015, serão contemplados todos os públicos: professores, alunos, empresários, servidores públicos, idosos, pais e casais.
09 de Março - Segunda- Feira:
08h Abertura Oficial da Semana de Valorização da Vida
Local: ASCISJOI
9h: Palestra para os professores e funcionários das escolas.
Local: ASCISJOI
13h30min: Palestra para os professores e funcionários das escolas.
Local: ASCISJOI
19h30min: Palestra para os empresários e seus colaboradores.
Local: ASCISJOI
10 de Março – Terça-Feira
8h: Palestra para os alunos de 5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries.
Local: ASCISJOI
13h30min: Palestra para os alunos 3ª e 4ª séries.
15h: Palestra para alunos 1ª, 2ª e pré.
19h30min: Palestra para os casais.
Local: ASCISJOI
11 de Março – Quarta-feira
8h: 2ª Palestra para os alunos da 5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries.
Local: ASCISJOI
13h30min: Palestra para a 3ª idade
Local: ASCISJOI
19h30min: Palestra para Mulheres
Local: Centro Comunitário Católico
12 de Março - Quinta-feira
8h: Palestra para os servidores municipais
Local: ASCISJOI
13h30min: Palestra para Alunos do Ensino Médio.
Local: ASCISJOI
19h30min: O grande encontro com as famílias
Local: Centro Comunitário Católico
13 de Março - Sexta-Feira
8h:2ª Palestra para Alunos do Ensino Médio.
Local: ASCISJOI
Manhã e Tarde: Haverá Atendimentos individuais para as famílias que desejarem.
Local: ASCISJOI

Sicredi Noroeste realizou Assembleia de Núcleo no aniversário do município de São José do Inhacorá

Paulo Marques Notícias

São José do Inhacorá está em festa durante todo o mês de março, nas comemorações do 23º aniversário do município. E na noite desta terça-feira (03), foi realizada a Assembleia de Núcleo do Sicredi Noroeste, unidade inhacorense.
A grande surpresa da noite, ficou por conta da participação das famílias associadas. Cerca de 900 pessoas lotaram o Ginásio Poliesportivo Municipal, deixando a certeza que para a próxima edição a estratégia deverá ser alterada para acomodar o associado Sicredi.
A Unidade Sicredi São José do Inhacorá, possui 1.600 associados, de uma população de 2.200 habitantes. Em 2014, a unidade local apresentou um ativo de 31 milhões.
A programação festiva que teve início no dia 1º de março, prossegue até o dia 29 em São José do Inhacorá.

Renato Kuntzer é acolhido como novo pastor da comunidade IECLB de Boa Vista do Buricá

No último domingo, dia 1º de março, aconteceu a instalação do Pastor Renato Kuntzer na Paróquia Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) de Três de Maio. O culto foi realizado na Igreja Evangélica de Boa Vista do Buricá, assumindo seu terceiro pastorado após oito anos de trabalho e dedicação como Pastor Sinodal.
“Hoje temos nossa ansiedade aliviada e o coração aberto e sincero para acolher o nosso novo Pastor. Temos muito o que trabalhar e aprender com a longa jornada de experiência dele como pastor” – destacou a líder da comunidade.
Desde o final de dezembro de 2014 o pastor já fixou residência em Boa Vista do Buricá com sua família: a esposa Iveti, seus filhos Gabriel e Micael e seu pai Norberto.
Que Deus ilumine e guie seus passos P. Renato nessa nova caminhada em Boa Vista do Buricá e comunidades vizinhas.
Lema do mês: “Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8.31)



Participação do clube de jipeiros Knatschklub no 17º Jeep Country Internacional

Assessoria de Imprensa

Fundado em 2009 por um grupo de amigos apaixonados por Jipes, aventura e contato com a natureza, o Knatschklub vem elevando o nome do município no cenário Off-road regional, nacional e internacional. O Off- Road é um esporte que ressalta o espírito de equipe acima de tudo, e a capacidade de transposição de obstáculos, com estes veículos 4x4, é a garantia de liberdade e conquista de lugares inacessíveis a quaisquer outros veículos, proporcionando emoções fortes aos seus adeptos. O nome Knatschklub significa, no idioma Germânico, “Clube do Barro”.
De forma unida e organizada, além de participar de esportes radicais, o Knatschklub divulga, especiamente o Município de São José do Inhacorá, promove o turismo, a conservação do meio ambiente e está sempre disponível para auxiliar a Defesa Civil no caso de catástrofes, como temporais e enchentes.
Nas atividades natalinas a diversão é garantida pelo KnatschKlub, que de forma totalmente voluntária, faz a alegria de todos com o seu famoso Dindão.
O Knatschklub continua fazendo novos adeptos ao esporte e com tamanho sucesso, hoje, São José do Inhacorá pode ser considerada a Capital Nacional do Jipe, se avaliada a quantidade de jipes por habitantes.
O 17º Jeep Country Internacional em Horizontina/RS, realizou-se nos dias 27 de fevereiro a 01 de março de 2015, oportunidade na qual  o KnatschKlub esteve marcando presença. Segundo os membros do clube “é através de passeios, participações como estas do Jeep Country, competições ou trilhas que o esporte off-road está cada vez mais conhecido na região.”
De acordo com o Coordenador do 17º Jeep Country, Elemar Jacob Becker, ambos os eventos (o Jeep country Internacional e “Horizontina em exposição”) antes mesmo de começar, já era um sucesso devido ao número de inscritos e expositores.






segunda-feira, 9 de março de 2015

Prefeito e secretário de agricultura inhacorenses cumprem agenda em Porto Alegre junto a Órgãos Federais e Estaduais

Assessoria de Imprensa

Nos dias 25 e 26 de fevereiro de 2015, o Prefeito Municipal de São José do Inhacorá, acompanhado do Secretário Municipal do Agronegócio e Meio Ambiente cumpriram extensa agenda na capital do Estado tanto em órgãos Federais quanto Estaduais.
A primeira audiência foi junto a Superintendência do Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA, no qual foi entregue um ofício ao Delegado Federal Marcos Regelin, convidando-o para solenidade de inauguração da Central de Vendas de Produtos Coloniais e Artesanais (que transcorrerá no dia 19 de março as 9h30) objeto do Contrato de repasse nº 398.796-25/2012 investimento este no valor de R$ 428.037,17- o qual confirmou a sua presença. No mesmo ato debateu-se mais um contrato de repasse no valor de R$ 225.000,00 ao qual o Delegado informou que este será pago entre os meses de agosto e setembro do corrente ano. Somados estes dois projetos e outro projeto já executado em 2010, o Município alavancou mais de R$ 700.000,00 junto ao MDA.
Também mantiveram audiência conjunta com o Chefe de Gabinete do Deputado Elton Weber, Sr. Lotário Vier juntamente com o Secretário do Desenvolvimento Rural Pesca e Cooperativismo - Sr. Tarcísio Minetto, convidando-os para inauguração da Central de Vendas de Produtos Coloniais, os quais confirmaram as suas presenças. Através do ofício 027/2015, o Secretário Minetto foi cientificado dos passivos existentes entre o Governo do Estado e o Município na ordem de R$ 301.156,00, recursos estes oriundos da Consulta Popular e o Programa Regionalização do Abastecimento. O Secretário Minetto se comprometeu a dar atenção às demandas apresentadas de modo a solucionar estes passivos apesar da crise financeira do Estado. Da mesma forma a Assessoria do Dep. Elton se comprometeu em monitorar e se empenhar para que o Município de São José do Inhacorá tenha seus pleitos atendidos.
Entre todas as agendas, a de maior destaque foi a realizada junto ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem - DAER acompanhados do assessor do Deputado Federal Osmar Terra, Sr Alberto Tomasi e da Diretora-Presidente da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde- FEEPS - Neusa Kempfer,como Diretor de Operação Rodoviária Engenheiro Rogerio Brasil Uberti. Nesta ocasião definiram-se os trâmites para a elaboração do projeto do trevo de acesso ao AM 9115, com participação conjunta entre Município e Estado para posteriormente ser apresentado Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Após a apresentação do projeto ao DNIT serão estabelecidas as formas de execução da referida obra. Da mesma forma, debateu-se o problema em ralação a travessia do Lajeado Cachoeira, em função da precária ponte existente, tema ao qual o Engenheiro Rogerio pediu alguns dias de prazo para verificação do projeto bem como informar quanto ao cronograma de execução.


APRESENTAÇÃO DO TALÃO DE PRODUTOR

A Secretaria de Agricultura, abastecimento e meio ambiente comunica todos os agricultores que possuem talão de produtor no município de Nova Candelária, que os mesmos devem fazer a apresentação dos blocos no setor de talões junto a Secretaria da Agricultura. Os talões a serem apresentados são os que estão em uso, com movimentação ou sem movimentação.
Os agricultores deverão apresentar o bloco até o dia 13 de março de 2015 para fins de verificação e digitação das notas emitidas no ano de 2014. A apresentação deste servirá para apurar o valor adicionado do município de Nova Candelária e consequentemente ajudará a aumentar a arrecadação do município.
Com isso o município terá um maior retorno do ICMS e consequentemente teremos mais recursos para investir na Agricultura, Saúde, Educação e Obras.
AGRICULTOR: Emitir nota fiscal de produtor, não acarreta custos: você comprova sua produção e ajuda a desenvolver seu município.
Prefeitura Municipal de Nova Candelária
“UM MUNICÍPIO EM ÓTIMO ESTADO”

Estradas são reformadas no Município de Nova Candelária

Assessoria de Imprensa

A Administração Municipal de Nova Candelária, por meio da Secretaria de Obras e viação, iniciou no dia 26 de fevereiro as reformas de estradas em dois trechos do município.
O Secretário de obras, Ari Arnt, acompanhou o serviço nos locais que passavam por melhorias. Na estrada que liga Nova Candelária à Campinas (popular "estradão"), foi realizada a limpeza de sarjetas para o melhor escoamento da água que se acumula na pista. Uma retroescavadeira hidráulica com martelete quebrou as pedras da pista e das sarjetas e removeu o pedregulho indesejado do percurso. Após essa etapa, será feito o cascalhamento do trecho.
Outra via que recebeu melhoramentos é a estrada paralela ao acesso à Lajeado Barreiro, em Santo Antônio. Uma patrola, um rolo e dois caminhões caçamba trabalharam no cascalhamento do local.A terraplanagem da Rua Santo Antônio - que teve início na semana retrasada e foi paralisada devido ao mau tempo - também foi reiniciada no dia 26.
A conservação das estradas conta com o empenho de operários, supervisão do Secretário de Obras, e com recursos da Administração Municipal. Durante esta semana a Secretaria de Obras e viação realiza a sinalização da ponte no Lajeado Boi para iniciar as reformas logo em seguida.




Reunião marca a inserção de novos profissionais na área da educação de Nova Candelária

Assessoria de imprensa

Na terça-feira, 24, coordenadores e diretores das escolas municipais e escola estadual do município de Nova Candelária participaram de uma reunião juntamente com o Secretário da Educação, Cloves Kuhn, Coordenadora Pedagógica, Andreia Heis, psicóloga e fonoaudiólogo.
O encontro tinha como objetivo apresentar dois novos profissionais que irão auxiliar nos trabalhos educacionais na rede Municipal e Estadual de educação: a psicóloga Andressa Wille e o fonoaudiólogo que já vinha desenvolvendo trabalhos no município, Teilor Ludwig. A importância do trabalho destes junto à educação, frente à demanda das escolas, proporciona uma melhor qualidade no processo de ensino-aprendizagem e identifica possíveis dificuldades que podem ser sanadas já no seu estágio inicial.
Na ocasião, as diretoras manifestaram sua preocupação quanto aos casos que necessitam do atendimento destes profissionais. A equipe da Secretaria de Educação e coordenação das escolas vê essa equipe como um quadro de profissionais que vem para melhorar a qualidade do ensino de Nova Candelária, estendendo seu trabalho também aos professores e pais.
A equipe multidisciplinar formada por nutricionista, psicóloga e fonoaudiólogo juntamente com as diretoras retomou o projeto “Faça a diferença na vida de um estudante”, que teve seu início ainda em 2014. Com o objetivo de potencializar as habilidades e melhorar o processo de desenvolvimento afetivo, cognitivo e psicomotor , os profissionais trabalham com atividades de estimulação neuropsicomotora,  facilitando a conquista de autonomia intelectual e afetiva do aluno.

NOVA CANDELÁRIA: SMEC participa de reunião do CONSEME/UNDIME em Santa Rosa

Assessoria de Imprensa

Na manhã de quinta-feira, 26, o Secretário da Educação, professor Cloves Kuhn e a Coordenadora Pedagógica professora Andreia LedurHeis participaram de uma importante reunião do CONSEME/UNDIME em Santa Rosa. O evento aconteceu junto à sede dos Prefeitos da região da grande Santa Rosa e reuniu vários gestores da educação.
Nesta reunião estavam presentes os secretários de educação dos municípios da região bem como coordenadoras pedagógicas e assessores das secretarias. Foram tratados assuntos ligados à educação, como os desafios para os gestores públicos na educação, os principais problemas enfrentados pelos mesmos, entre eles, o transporte escolar e sua regulamentação.
Foi discutido também a reelaboração e adequação do Plano Municipal de Educação e a importância desse documento para o planejamento do ensino nos municípios, atendimento à Educação Infantil e a falta de vagas em vários municípios da região. Outros assuntos pautados foram os altos investimentos na área da educação, manutenção dos espaços físicos e a falta de profissionais para atuar em sala de aula.
Para o Secretário Cloves, “participar destes encontros é muito importante, pois são momentos que proporcionam a troca de experiências na área da educação. Compartilha-se também angústias e de forma conjunta se busca alternativas de resposta. Esses encontros também são oportunidades de planejar ações coletivas que venham fortalecer a educação na região como um todo, umas vez que iniciativas individuais tem menos probabilidade de êxito”.

Programa Rancho Gaúcho completou 8 anos no ar

“Esse é o programa Rancho Gaúcho, um programa do CTG Recanto Verde de Boa Vista do Buricá”. Quem já não ouviu essa frase nos domingos de manhã no rádio? No ar a 8 anos, o programa de rádio destaca a música tradicionalista gaúcha aos domingos pela manhã na Rádio Boa Nova de Boa Vista do Buricá. O programa iniciou em 04 de março de 2007. No início a apresentação era feita por Adair Ludwig, Carlos Sózio e Airton Bones. Com o passar do tempo, as vozes foram mudando, e já a vários anos a apresentação do programa ficou a cargo de Neri Bairros de Almeida, mais conhecido como Boca, e Vanderlei Lermen.

CIEE forma primeira turma do Aprendiz Legal de Nova Candelária

Solenidade de entrega dos certificados aconteceu na segunda-feira à tarde, 
2 de março, no Centro Multiuso.

Assessoria de Imprensa

Desenvolver iniciativas socioeducativas, preparar e inserir o jovem no mercado de trabalho são ações que fazem parte da missão do CIEE (Centro de integração Empresa – Escola), que formou onze aprendizes na tarde desta segunda-feira, em Nova Candelária.
A parceria entre o CIEE, empresas e Administração Municipal resultou no desempenho eficaz dos jovens que desenvolveram seus trabalhos em empresas locais. A solenidade de entrega dos certificados contou com a presença do Supervisor Executivo da unidade operacional do CIEE – Santa Rosa, Elemar Lenz, que destacou: “buscamos cidades que tenham a possibilidade de desenvolver novas turmas de aprendizagem. Nova Candelária tem um número de empresas que atende à nossa expectativa e o CIEE veio pra cá a convite dessas empresas. Acreditamos que aqui seria possível montar uma turma e fazer com que a metodologia e os princípios do Aprendiz Legal fossem executados. Hoje chegamos à esse momento ciente de que a escolha valeu a pena.” A instrutora de aprendizagem local, Neide Weber, citou a importância do programa em uma comunidade e destacou o belo trabalho realizado com a primeira turma de aprendizes.
Participaram também da solenidade o Prefeito de Nova Candelária, Carlos Alberto Dick e Vice-Prefeito Jorge Steffler; Secretário da Educação, Cloves Kuhn, representantes de cada empresa parceira do programa Aprendiz Legal e familiares dos formandos. Na ocasião, o Prefeito fez o uso da palavra, atribuindo os méritos da conclusão do curso aos alunos que aceitaram o desafio de participar do programa. Os aprendizes beneficiados com o projeto trabalham em empresas do município e cooperam para a aplicação do conhecimento em empreendimentos locais.
O programa que não visa fins lucrativos já trabalha no ensino de mais uma turma e, para quem quiser participar do Aprendiz Legal em Nova Candelária, pode entrar em contato com a Professora Neide Weber.


Administração Municipal de Nova Candelária entrega equipamentos agrícolas à população do interior

Agricultores de Bom Jardim e Linha Rica foram beneficiados por meio da Consulta Popular. Distribuidores são recursos do antigo governo estadual.

Assessoria de Imprensa

Agricultores de duas comunidades do interior foram beneficiados com a entrega de equipamentos feita pela Administração Municipal na última segunda-feira à tarde. Dois distribuidores de adubo orgânico líquido, ambos com capacidade de quatro mil litros, irão auxiliar nos trabalhos agrícolas.
O investimento de R$ 26.780,00 é resultado da Consulta Popular realizada no ano de 2013 e executada no ano de 2014. No ano passado foi feita a licitação do maquinário solicitado pelos agricultores do município, resultando em uma sobra de valores. Com isso, foi feito um aditivo de sobra de recursos para comprar mais máquinas. Em reunião com o prefeito e em encontros do Conselho Municipal da Política Agrícola, decidiu-se comprar mais dois distribuidores de adubo orgânico líquido.
Os equipamentos foram entregues pelo Prefeito Carlos Alberto Dick, Vice-prefeito Jorge Steffler, Secretário da Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, Jorge Steiger e o Engenheiro Agrônomo Jandir Erthal. 
Os agricultores responsáveis pelos equipamentos compareceram ao parque de máquinas com um trator onde foi acoplado o distribuidor de adubo orgânico líquido que será usado principalmente para transportar adubo orgânico até as propriedades rurais. A entrega foi feita por meio de termo de cessão de uso, quando o maquinário é de propriedade do município mas é cedido para os agricultores. Os equipamentos obtidos por esse meio só retornam para a Administração no dia em que não tiver mais utilidade para os agricultores. 
Constituído por dois agricultores de cada comunidade do interior de Nova Candelária, o Conselho Municipal da Política Agrícola decidiu por votação quais comunidades seriam beneficiadas com os aparatos.  Neste ano as linhas escolhidas para receber os equipamentos foram Linha Rica fica e Bom Jardim. Em Linha Rica, o distribuidor de adubo orgânico líquido vai ficar na propriedade do Sr. Eloi Armando Scherer e quem recebeu a máquina, representando Bom Jardim, foi o Sr. Almiro Heurt.
Nos últimos dois anos de regência a Administração do Prefeito Carlos Dick, e Vice-prefeito Jorge Steffler, já entregou aos agricultores mais de 50 equipamentos agrícolas, entre eles: distribuidores de adubo orgânico líquido, roçadeiras, distribuidores de fertilizantes, quebradores de milho, conjunto de fenação, ancinho, segadeira, enfardadeira, plantadeira de mandioca, plaina agrícola e outros. Todo esse maquinário foi obtido por meio de recursos próprios, consulta popular e emenda parlamentar.

Confira os sorteados do Promocional Pacto Cidadão

Assessoria de Imprensa

Foi realizado na tarde desta sexta-feira, dia 27 de Fevereiro, o 5º sorteio do promocional Pacto Cidadão na Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá. O pacto é uma campanha promovida pela Administração Municipal, que tem por objetivos principais, desenvolver a prática da cidadania, incentivar e fortalecer o comércio e serviços formais de nosso município. O referido projeto constituirá em sorteios mensais de 45 vales compras no valor de R$ 100,00 (cem reais) cada, aos servidores públicos municipais ativos e aposentados que se credenciarem conforme a regulamentação. Os sorteios serão realizados no Palácio Municipal no último dia útil do mês subsequente a emissão das notas fiscais, com no mínimo 03 (três) testemunhas que assinarão a ata do sorteio, onde constará o nome dos sorteados. Esse sorteio será pela retirada do nº de matrícula do servidor, que estará em uma urna. A retirada será realizada preferencialmente por rodízio dos presentes, até que se completem os 45 sorteados. O sorteio contou com a presença do Vice-Prefeito Vilmar Horbach, Secretários e Servidores Municipais.
Por um erro de digitação, foi incluída no sorteio a matrícula de nº 268 ao invés da matrícula nº 267. Logo, a matrícula de nº 267 acabou não entrando no sorteio mesmo estando habilitada. A matrícula nº 268 não estava habilitada ao sorteio, uma vez que foi ganhadora no mês anterior, e conforme Lei não poderia participar no sorteio desse mês.
Aos ganhadores, data limite para entrega de notas fiscais: 09 de março de 2015.


Relação dos ganhadores do 5º sorteio do Promocional Pacto Cidadão:
Lizandra Schmitz,
Elaine  Beatriz Reichert Hahn,
Marco A. Hahn,
Legiane B. Zamberlan Vargas,
Elton Hosel,
Maira Weber,
Talia Rommel,
Iara Wilhelm,
Douglas Neuhaus,
Sirlei Sandra Winklmann,
Fabiane Mildner,
Roseli Matte,
Janice Rambo,
Dirce Leindecker,
Neri Andrade de Carvalho,
Clair Schneider,
Carine Solange B. Erhardt,
Marli Engster,
Neli Paz Simon,
Jair Werner,
Elenice Reis,
Leoni Werner Probst,
Eloiza F. Lasta,
Laercio R da Silva,
Marlene Weizemann,
Carla Klatt,
Beatriz Coradini,
Miran F. Werlang.
Jair Diel,
Ari Kochhann,
Eli Rolin,
Marcia B. Hermann Dresch,
Ilário A. Beckers,
Ivete Atuatti,
IaneKiesel,
Aline Schmidt,
Mauro Muller,
Liria Herrmann,
Ana Locatelli,
Marli Bruski,
Siane Redel Steffen,
Tarcisio Gabriel Mattner,
Claudia Mattner,
Elio Lermenn,
Maria Graup.

Presidente do Sindicato falou sobre as dificuldades enfrentadas pela agricultura familiar na Sessão da Câmara

No dia 2 de março, o presidente do Sindicato Sr. Eliseu Locatelli esteve participando da sessão na câmara de vereadores. Na ocasião falou sobre as dificuldades que a agricultura familiar vem enfrentando e como isso afeta também a economia do nosso município em geral, destacou as lutas e mobilizações dos Sindicatos e Fetag pela causa da agricultura familiar como a grave crise do leite, com a falta de pagamento de algumas empresas e preço baixo do produto. Também entregou a pauta da mobilização do dia 10 de março em Santa Rosa, e estendeu o convite em especial aos vereadores para fazer parte desta mobilização. Serão visitadas e convidadas outras entidades para se juntar e este movimento.
A diretoria do Sindicato reforça o convite em especial aos associados para que participem, pois quanto mais unida estiver a agricultura familiar, mais força se terá  para exigir os direitos.

“Mundo do Trabalho e Questão Social”

Assessoria de Imprensa

Na noite de quarta-feira, 25 de fevereiro, foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores de Boa Vista do Buricá, uma palestra aberta ao público, sobre o tema “Mundo do Trabalho e Questão Social”, realizada pelo Me. Leandro Steiger da FEMA de Santa Rosa.
O evento foi realizado pelo Programa ACESSUAS TRABALHO em parceria com o CRAS Bem Me Quer de Boa Vista do Buricá. A palestra contou com aproximadamente 80 pessoas presentes, entre autoridades, estudantes, alunos dos cursos do Prontec, beneficiários dos programas sociais e comunidade em geral. Foram momentos de troca de conhecimento, onde o palestrante frisou a importância das pessoas estar em constante aperfeiçoamento, pois o mercado de trabalho avança rapidamente, lembrou também da necessidade das pessoas buscarem um serviço formal, com carteira de trabalho, garantindo os direitos trabalhistas. Em seguida, foi realizada uma confraternização com trocas de ideias.

segunda-feira, 2 de março de 2015

BOA VISTA DO BURICÁ: Administração Municipal adquiriu ônibus escolar

Na tarde de sexta-feira, 20 de fevereiro, a Administração Municipal de Boa Vista do Buricá, recebeu o segundo ônibus escolar do Contrato de Financiamento junto ao Banco do Brasil no âmbito do Programa Caminho da Escola, no valor de R$ 369.240,00 (Trezentos e sessenta e nove mil, duzentos e quarenta reais). A autorização de crédito se deu por intermédio da Lei Municipal nº 60/2013, de 13 de agosto de 2013. O ato de recebimento do ônibus escolar contou com a presença do Prefeito em Exercício Vilmar Horbach e o Gerente do Banco do Brasil de Boa Vista do Buricá Clodoaldo Marquezin.
Atualmente o município conta um uma frota de 5 ônibus escolares, sendo 3 deles O Km.
Fonte: Assessoria de Imprensa



Série Prata: ABELC apresenta equipe para temporada 2015 no dia 2 de março

Assessoria de Imprensa ABELC

A Equipe da Associação Boa-vistense de Esporte, Lazer e Cultura (ABELC),  foi fundada no ano de 2013 e participou pela primeira vez na Série Bronze no ano 2014 e conquistou o vice-campeonato, ou seja, em sua primeira participação na modalidade.
Na segunda-feira, 2 de março, será realizada a apresentação da equipe oficial da ABELCque irá disputar neste ano de 2015 a Série Prata. Na oportunidade conforme o Diretor de Futebol Balta serão apresentados os patrocinadores do time. O evento será realizado no ginásio de esportes São José de Boa Vista do Buricá e terá início às 19 horas. Torcedores, comunidade em geral, imprensa local e regional estão sendo convidados para se fazerem presentes neste importante evento esportivo que marcará de maneira especial o ponta pé inicial da ABELC na Série Prata.
Segundo informação do diretor de Futebol Balta, a grande maioria dos atletas da temporada passada permanece no elenco 2015 da ABELC, mas, também serão apresentados reforços para este ano. Outra confirmação é referente à renovação com a equipe da comissão técnica, também responsável pelo sucesso da equipe na temporada passada.

Caminhoneiros realizam protesto na BR 472 em Boa Vista do Buricá

Débora Thomaz

O preço abusivo dos combustíveis, o alto valor cobrado nos pedágios e a precariedade das estradas foi o que motivou um grupo de caminhoneiros de Boa Vista do Buricá a bloquear a BR 472, nas proximidades do trevo de acesso à Boa Vista do Buricá no domingo dia 22 de fevereiro.

A categoria reivindica a diminuição no preço dos combustíveis, menos cobrança de impostos e mais segurança nas estradas.
A mobilização iniciou por volta das 7h30min. O trânsito foi liberado a cada duas horas, pelo período de aproximadamente 10 minutos. Somente  ambulâncias e casos especiais, como mulheres grávidas e pessoas idosas tiveram passagem liberada.
Os protestos continuaram na segunda e na terça-feira nas proximidades do Posto do Vilson. O trânsito foi liberado para os veículos de passeio, ônibus e ambulâncias. A manifestação também teve o apoio de agricultores do município.
Na quarta-feira, a Polícia Rodoviária Federal foi acionada pela Presidência da República para desarticular o movimento dos caminhoneiros em rodovias federais no Rio Grande do Sul.
Uma decisão judicial determinou que os caminhoneiros permitissem a passagem de caminhões transportadores de leite e derivados pelas rodovias da região.
No fim da manhã de quarta-feira (25), os patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, acompanharam o oficial de justiça que trouxe a notificação para o grupo de caminhoneiros que lidera o movimento na BR 472 em Boa Vista do Buricá.
As manifestações devem seguir pelos próximos dias.



Cadastros para o Programa Minha Casa Minha Vida Entidades já podem ser feitos no CRAS

Assessoria de Imprensa

Na noite de terça-feira, 24 de fevereiro, foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores de Boa Vista do Buricá, uma reunião aberta para os interessados em participar do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades. A reunião contou com a presença do Prefeito Antonio Mota, Presidente do Legislativo Carlos Diesel, Vereador Vilson Leidemer, Secretário do Planejamento Diogo Martini, Secretário de Administração Vanderlei Dimas Hoelscher, Secretária de Desenvolvimento Econômico Carla Christ, Darcizo Garcia da Silva Presidente da Associação Casa Nova, entidade vinculada a Caixa Econômica Federal e responsável pela execução do projeto, funcionários do órgão, Diretora da Assistência Social Karine Braun e representantes da Secretaria de Assistência Social. Mais de 120 pessoas participaram do evento em busca de informações.
O Prefeito Municipal Dr. Antonio Mota ressaltou na oportunidade a importância social do Projeto Minha Casa Minha Vida Cidades Entidades que será desenvolvido pela Administração Municipal em parceria com a Caixa Econômica Federal através do Ministério das Cidades. Mota destacou que serão construídas através deste projeto 50 casas populares no Bairro João de Barro.
O Presidente da Associação Casa Nova entidade vinculada a Caixa Econômica Federal Darcizo Garcia da Silva repassou informações e critérios de como funcionará o programa e a seleção dos beneficiados.
Segundo Darcizoo “Programa Minha Casa, Minha Vida – Entidades, foi criado em 2009, com o objetivo de tornar a moradia acessível às famílias organizadas por meio de cooperativas habitacionais, associações e demais entidades privadas sem fins lucrativos.
O programa, ligado à Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, é dirigido a famílias de renda familiar mensal bruta de até R$ 1.600,00 e estimula o cooperativismo e a participação da população como protagonista na solução dos seus problemas habitacionais”.
Os interessados em participar do Minha Casa Minha Vida Entidades, deverão buscar maiores informações e realizar o seu cadastro no CRAS Bem Me Quer, até o dia 20 de março de 2015. O CRAS está localizado na Avenida São José, no segundo andar do CFC Mário Machado.

Fraudes, falta de pagamento, preço e exclusão preocupam produtores de leite

Vanderlei Lermen

Desde que começou a ser deflagrada a operação Leite Compen$ado – pelo Ministério Público gaúcho –, no primeiro semestre de 2013, veio à tona um problema muito maior do que se imaginava na cadeia do leite do Estado. Até 2014 foram sete fases da operação que colocaram à prova o alimento produzido no Estado. As fraudes constatadas mobilizaram a opinião pública, influenciando também a queda do consumo e uma repercussão negativa na imagem do leite produzido no Rio Grande do Sul.
Como se isso não fosse suficiente, na outra ponta, o preço pago ao produtor baixou e empresas acusadas de estarem envolvidas nas fraudes não conseguiram pagar os produtores – a Fetag estima que 20 mil famílias gaúchas estejam com pagamento em atraso. Em todo o Estado, são mais de 120 mil famílias que trabalham com a atividade, também de acordo com a entidade.
O cenário de crise que se instaurou na cadeia leiteira tem deixado lideranças preocupadas, afinal, os agricultores familiares dependem fortemente da renda oriunda desta cadeia produtiva – sem contar no impacto para a economia dos municípios, cujo comércio também se movimenta em torno dessa receita.
Reflexos na economia da falta de
 pagamento do leite à produtores
A falta de pagamento da produção de leite aos agricultores gera reflexos na economia regional. Segundo O engenheiro agrônomo da EMATER/RS ASCAR, Escritório Regional de Santa Rosa, Ivar José Kreutz, são mais de 2500 agricultores que terão perdas reais em função dos calotes. “Alguns vão receber 20%, alguns 50% e também outros que produziram leite por dois ou mais meses sem receber nada. Tem agricultores que além de não receber pelo leite, agora estão sendo acionados na justiça pelas fábricas de ração. O entendimento que havia é de que a compradora de leite era a repassadora da ração, algo que se mostrou um equívoco. Nesta conta não esta o sub preço. Como funciona isto? Com a saída do mercado de alguns grupos, outras empresas estão ocupando o espaço, praticando um preço aviltante, não raras vezes inferior a R$ 0,50/l. É a verdadeira instituição oportunista de uma situação assombrosa para os agricultores de nossa região”.
A cadeia do leite tem um impacto muito forte sobre toda a economia local. “Boa parte dos recursos gerados são aplicados (gastos) na localidade. Logo, todos os setores da economia vão ser atingidos. Os pequenos municípios tendem a sentir um impacto maior” – destacou.
Pequenos podem ser excluídos
A crise que atinge a cadeia produtiva do leite no estado não se reflete apenas na falta de pagamento aos agricultores e no fechamento de indústrias do setor.
Os pequenos produtores estão em uma situação que parece não ter saída. São vários fatores que influenciam na dificuldade do aumento da escala de produção de leite, como o tamanho da propriedade, mão-de-obra ou estrutura suficiente para aumentar a produção, por canta disso, eles podem desaparecer do mercado. Em alguns municípios, produtores com produção inferior a 100 litros de leite por dia estão sendo desprezados pelas empresas do setor.
Na microrregião fronteira Noroeste Missões existem 17403 famílias produzindo leite. A região produz 1,7 milhão de litros de leite por dia nas 17,4 mil famílias, o que dá uma média de produção por propriedade de 97,72 litros segunda dados da EMATER.
Se a exclusão realmente se concretizar, metade das famílias da região perderão suas fontes de renda.
Ivar Kreutz da EMATER destaca que já não pode mais ser tratado como risco de ficar para trás, e sim uma constatação. “Será necessário que todos os setores da comunidade local se unam, construam propostas concretas para evitar a exclusão e em segundo momento, constituam um sistema de produção que permite a viabilidade na atividade ao longo dos anos com qualidade de vida. Isso significa menos opção para as famílias de agricultores para ficar na terra e é arrasador para as perspectivas dos jovens”.
A exclusão dos agricultores representará um grande impacto na economia regional. “Isso vai representar a falência de inúmeros outros setores que eram parceiros daqueles que transformavam pasto em comida humana de excelente qualidade. É muito menos dinheiro girando em nossas comunidades. Também atua diretamente sobre o ânimo dos empreendedores rurais, diminuindo as perspectivas regionais” – destacou.
Para Ivar, uma pergunta que não quer calar é: Afinal, depois da exclusão do leite, qual a opção para a agricultura familiar de nossa região?
Sindicatos se mobilizam em
defesa dos produtores de leite
Cerca de 1.500 pessoas oriundas de 20 municípios gaúchos participaram no dia 20 de fevereiro de mobilização em Guarani das Missões. Motivados pela crise na cadeia leiteira que atinge todo o Estado, o grupo de produtores e integrantes da Fetagsaíram da Praça João Paulo II, onde concentraram-se a partir das 9:00 horas, e percorreram a pé dois quilômetros e meio até o trevo da BR-392 que dá acesso ao município. Durante a manifestação, os produtores fecharam a rodovia durante 15 minutos duas vezes, a primeira ao meio-dia e a outra às 13 horas. Houve assembleia e distribuição de aproximadamente 100 litros de leite a famílias carentes da localidade, além de entrega de documento com a pauta de reivindicações da Fetag à prefeita de Guarani das Missões, Janete Dauek, e ao deputado estadual Elton Weber.
A Federação está empenhada em chamar a atenção da população urbana e da sociedade sobre os problemas que vem sendo enfrentados pelo setor.
O presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Boa Vista do Buricá e Nova Candelária, Eliseu Locatelli esteve participando, juntamente com representantes da administração municipal e produtores da mobilização. Segundo ele foram discutidas diversas ações e iniciativas para buscar melhorias nas condições da cadeia leiteira. Entre as principais reinvindicações estão:
- Buscar junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a concessão de bônus para pagamento dos custeios pecuários vinculados à área do leite;
- Concessão de bônus de adimplência no custeio pecuário e imediata liberação de linha de crédito específica para socorrer os produtores de leite que não receberam ou receberam parcialmente pela produção entregue, nos moldes do crédito emergencial concedido aos agricultores atingidos pela estiagem em 2012.
- Formalizar, via contrato, a relação comercial entre produtores e indústrias, bem como de um cadastro das empresas e freteiros junto às prefeituras municipais como forma de trazer maior proteção aos produtores de leite.
- Cobrar dos deputados federais da região e do Estado na tramitação e aprovação das mudanças na legislação que trata da lei de falências e recuperação judicial, priorizando os fornecedores de matéria-prima como credores preferenciais.
- Agilidade do governo federal na compra de leite em pó do RS, bem como manutenção de aquisições contínuas como forma de escoar o produto gaúcho, evitando super oferta local;
- Suspensão temporária das importações por 90 a 120 dias até equilibrar a oferta interna de leite no país;
- Liberação imediata por parte do Governo do Estado, do programa de Forrageiras de inverno.
Na pauta de reivindicações também estavam assuntos que envolvem diversos problemas sentidos e vividos pelos agricultores:
- Liberação de recursos para pagamento de parcelas atrasadas na habitação, liberação para os contratos assinados e não liberados e mais recursos para casas novas;
- Alterações no Programa Nacional de Crédito Fundiário;
- Ampliação para todos os municípios da distribuição de protetor solar.
Dados dos municípios em 2014
Os municípios de São José do Inhacorá, Nova Candelária e Boa Vista do Buricá tem uma produção média de leite por propriedade ao dia de 153,75 litros. A produção diária nos três municípios é de cerca de 151.600 litros.
O quadro abaixo traz algumas informações sobre a produção de leite nos municípios. Os dados são da EMATER.


Crianças e adolescentes aos olhos do CRAS VIVA BEM – Nova Candelária

Assessoria de Imprensa

Com o objetivo inicial de acolher famílias em situação de vulnerabilidade social, o CRASVIVA BEM (Centro de Referência da Assistência Social) de Nova Candelária trabalha atualmente para identificar e estimular as potencialidades locais, proporcionar melhoriasna qualidade de vida das famílias que vivem na comunidade e auxiliar os grupos sociais para que os usuários tenham seus direitos garantidos.
No mês de setembro de 2012 o CRAS VIVA BEM começou a receber recursos do Governo Federal para a execução das atividades pelo programa PAIF (Programa de Atendimento Integral a Família) e para a criação de um Centro de Referência da Assistência Social no município, mas desde o mês de março do mesmo ano, já eram realizados trabalhos para habilitar o SUAS (Sistema Único de Assistência Social) em Nova Candelária.Como forma de promover a inclusão social de crianças e adolescentes em situação de
vulnerabilidade social, por meio da Arte e da Cultura, desde o ano de 2013 a equipe do CRAS desenvolve os projetos “Aprender Brincando” e “Arte e Cultura”. Ambos os projetos contam com atividades de expressão corporal, recreação, teatro, música, dança, criação de histórias e de brinquedos.
Tendo a integralidade de cada indivíduo como um dos propósitos dos trabalhos desenvolvidos, os projetos atendem cerca de 130 crianças e adolescentes por semana. O projeto “Aprender brincando” atende crianças do município de 6 a 12 anos. Nas terças e quartas-feiras, em turno inverso da escola, crianças do interior e da cidade, em horários distintos, vão até o CRAS para participar de aulas de dança e outras atividades recreativas, ambas ofertadas e ministradas por monitores capacitados em cada área. Já o projeto “Arte e cultura” beneficia adolescentes de 13 a 17 anos com oficinas de dança, capoeira e música. Com cronograma similar ao do projeto para as crianças, o “Arte e cultura” também possui horários diferenciados para adolescentes do interior e da cidade, pensado dessa forma para poder melhor atender a demanda de alunos. Para quem reside no interior, a ida até o CRAS é feita com o transporte fornecido pela Administração Municipal, apoiadora dos projetos.
Além destes, outros trabalhos também são realizados com crianças e adolescentes, como exemplo, a abordagem do Estatuto da criança e do adolescente, temas polêmicos e pertinentes à questão familiar.
Para a equipe do CRAS, o trabalho exige dedicação e humanismo. A Assistente Social Liandra Ely Krevercomenta que “trabalhamos com várias demandas, entretanto é necessário se colocar no lugar dos usuários e ver a sua realidade como num todo. O trabalho exige uma visão diferenciada, não é permitido ter senso comum”.
A equipe de referência do CRAS de Nova Candelária é formada por uma coordenadora, uma técnica Assistente Social, técnica Administrativa e quatro monitores contratados. O trabalho coletivo tem o objetivo comum de fortalecer as famílias usuárias dos serviços do CRAS e, no caso de Nova Candelária, prevenir o aumento do número de famílias em situação de vulnerabilidade social.
Como forma de fortalecer os vínculos familiares, comunitários e sociais dos cidadãos atendidos pelo CRAS, no início deste ano a equipe de referência passou de casa em casa para convidar as crianças e adolescentes do município a participarem dos projetos que serão desenvolvidos neste ano de 2015.

BOA VISTA DO BURICÁ: Aulas na rede municipal iniciaram na segunda-feira

Assessoria de Imprensa

O ano letivo 2015 iniciou nesta segunda-feira, 25/02, na rede municipal de Boa Vista do Buricá. O Prefeito em Exercício Vilmar Horbach e a Secretária de Educação, Márcia Eckert, realizaram na manhã de hoje visitas as escolas municipais São José e Pe. Schlosser.
O Vice-Prefeito Vili e a Secretária Márcia Eckert deram boas vindas aos alunos e professores e desejaram a todos um ótimo ano letivo.